Tamanho do texto

Testes estavam restritos a alguns usuários americanos, mas agora chegaram a Austrália e Nova Zelândia no que pode ser mais um passo para uso geral

Botão está testando implementação de botão
Reprodução
Botão está testando implementação de botão "dislike"com usuários em alguns países


O desejo de muitos usuários de poder "não curtir" uma publicação no Facebook está mais próximo de ser realizado. A rede social que estava testando a implementação de um botão de dislike apenas com alguns usuários nos Estados Unidos desde fevereiro agora ampliou os testes para outros países como Austrália e Nova Zelândia.

Leia também: Facebook divulga vídeo que mostra quão ruim a rede social ficou

O novo botão de "dislike" se aproxima mais do botão de " downvote " que já está disponível em outras redes socias como Reddit, por exemplo. No entanto, quando os usuários entraram no Facebook nessa segunda-feira (30) e perceberam a nova funcionalidade, rapidamente a mudança causou grande repercussão.

Como ficaria o Facebook?

A opção, porém, não fica disponível para publicações, apenas para comentários feitos nas publicações. Enquanto no post original as pessoas continuam clicando ou não no botão de curtir, nos comentários essa função foi substituída por uma setinha pra cima e outra pra baixo. Algumas pessoas postaram capturas de tela da suas contas no Facebook no Twitter e comentaram a opção:


Leia também: 69% dos brasileiros já têm acesso à internet pelo celular, afirma IBGE

Mas publicações no próprio Facebook as quais a redação do iG teve acesso mostraram ainda um outra versão da implementação nas quais uma opção escrita "downvote" aparece abaixo dos comentários:

Novo layout do Facebook com a opção de dar upvote ou downvote nos comentários de uma publicação
Reprodução/Facebook
Novo layout do Facebook com a opção de dar upvote ou downvote nos comentários de uma publicação



Isso pode ser um indício de que a empresa ainda não decidiu qual das duas novas opções oferecidas aos usuários para manifestar seu desgosto com o conteúdo de determinados comentários será escolhida e implementada.

No entanto, ainda em fevereiro, o Facebook comunicou ao site Mashable que sua intenção não era lançar um botão de antipatia, mas uma nova forma das pessoas darem feedback sobre os comentários.

Já de acordo com o site da BBC , a empresa espera que o botão sirva para melhorar o nível das discussões públicas "rankeando os comentários" de acordo com a relevância dos mesmo, e não através da reações emocionais que cada um gera, já que o Facebook vem recebendo diversas críticas por ter criando um ambiente tóxico através de seus algoritmos que já extrapolou para o mundo real.

Leia também: Nova versão do Android substitui emoji de arma de fogo por pistola d'água

Nossa esperança é que esse recurso torne mais fácil para nós criarmos esses espaços, classificando os comentários que os leitores acreditam que merecem ser mais bem classificados, do que os comentários que obtêm a mais forte reação emocional", disse um porta-voz do Facebook que não quis se identificar.

    Leia tudo sobre: Facebook
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.