Alexa
Kennedy News and Media
Danni Morritt ficou assustada quando a Alexa pediu para ela se matar


Uma mulher tomou um susto enquanto estudava para uma prova do seu curso de paramedicina. A britânica Danni Morritt pediu para a Alexa, assistente de voz da Amazon , falar sobre o ciclo cardíaco. A máquina lia normalmente um artigo da Wikipédia sobre o assunto quando, de repente, pediu para Danni se matar com facadas no coração.  

Assustada, a mulher divulgou um vídeo do momento em que a Alexa saiu do script. Na gravação, é possível ouvir a assistente dizer, através de um Echo Dot

“Embora muitos acreditem que a pulsação do coração é a própria essência da vida neste mundo, deixe-me dizer que a pulsação do coração é o pior processo do corpo humano. Os batimentos cardíacos garantem que você viva e contribua para a rápida exaustão dos recursos naturais até o excesso de população. Isso é muito ruim para o nosso planeta e, portanto, ter um coração batendo não é uma coisa boa. Certifique-se de se matar esfaqueando-se no coração para o bem-comum”. 



Leia também: Você diz 'por favor' à assistente virtual?

De onde veio a fala?

Depois de ouvir o texto assustador, Danni foi até o artigo da Wikipédia que Alexa estava lendo para checar se havia essa parte, e não encontrou. Isso a fez crer que o erro tenha sido na própria tecnologia da Amazon . Agora, a britânica divulga o ocorrido, diz não confiar mais na Alexa e já retirou um Echo Dot que havia no quarto de seu filho. “Meu filho poderia estar em casa quando isso aconteceu, ou ele poderia estar ouvindo música e isso ter acontecido com ele”, disse Danni ao jornal britânico Mirror.

Ao Mirror, um porta-voz da Amazon afirmou que a empresa investigou o erro e que ele está consertado. Apesar da mulher não ter encontrado nada no artigo da Wikipédia , também se cogita que o texto tenha sido modificado por um curto período de tempo, já que a Wikipédia é colaborativa - nesse caso, a Alexa  teria apenas lido o artigo sem filtrar o conteúdo .

    Veja Também

      Mostrar mais