Olhar Digital

Qual é a última coisa que você espera ver quando compra um celular de R$ 9.000 ? Uma boa resposta para essa pergunta seria “anúncios”. A Samsung começou a receber críticas justamente por colocar publicidade dentro de seus aplicativos pré-instalados no Galaxy Z Flip , seu celular de tela dobrável que chega ao Brasil no dia 11 de março.

Google libera modo escuro na busca no Android; aprenda a ativar

A utilização de anúncios na interface do celular costuma ser uma alternativa de monetização para aparelhos de baixo custo, ajudando as empresas a aumentar suas margens e tornar o produto mais acessível ao público. Não é o caso do Z Flip, que tem configurações e preço de celular premium .

Samsung Galaxy Z Flip
Divulgação
Samsung Galaxy Z Flip


Esse detalhe chamou a atenção de algumas das pessoas que estão testando o smartphone. Ao abrir o aplicativo de chamadas, por exemplo, elas se podem se deparar com um banner para produtos que nem sequer têm a ver com a Samsung . Entre os exemplos estão peças publicitárias de empresas como DirecTV e Dish , ambas provedoras de TV por assinatura .

Google Stadia chega a alguns smartphones amanhã; confira quais

Vale notar que os anúncios estão presentes nos aplicativos próprios da Samsung , então existe uma alternativa para quem não quiser vê-los: utilizar outros apps no lugar. Em vez do discador padrão do sistema, uma opção é utilizar o app do Google.

    Veja Também

      Mostrar mais