Xiaomi
Reprodução/91 Mobile
REdmi Note 7 Pro pegou fogo na Índia


Uma unidade do Redmi Note 7 Pro , da Xiaomi , pegou fogo na cidade de Gurgaon, na Índia . O cliente Vikesh Kumar estava com o celular no bolso quando sentiu a temperatura aumentar. Depois de arremessado ao chão, o dispositivo pegou fogo e queimou toda a mochila do indiano. O caso aconteceu na última sexta-feira (13).

A hisória ganhou repercussão depois que a Xiaomi se recusou a dar outro Redmi Note 7 Pro a Vikesh, alegando que a culpa era dele. De acordo com o site 91 Mobile, a ordem de serviço da assistência técnica sequer mencionava a explosão, apontando apenas “falha ao ligar”. 

Xiaomi
Reprodução/91 Mobile
O fogo se alastrou pela mochila do indiano


Vikesh contou ao 91 Mobile que sempre usou o carregador original da Xiaomi e que, no momento da explosão, o celular estava com 90% de carga na bateria. Depois de sentir a temperatura subir, o indiano notou que o Redmi Note 7 Pro estava soltando fumaça. Depois, a explosão aconteceu.

Leia também: Xiaomi lança power bank com carregamento sem fio e preço bom

O fogo se alastrou pela mochila de Vikesh, que só conseguiu apagá-lo usando um extintor de incêndio . Ninguém se feriu. O indiano, porém, diz que o estrago poderia ter sido maior caso ele demorasse mais para tirar o smartphone do bolso. 

Depois de receber uma negativa da Xiaomi para trocar o celular, Vikesh publicou o caso nas redes sociais, e a história ganhou uma dimensão maior. A empresa, então, enviou ao indiano um Redmi Note 7 Pro e uma mochila. Em nota, a Xiaomi assumiu o dano do equipamento.

    Veja Também

      Mostrar mais