Motorola Edge+ arrow-options
Divulgação/Motorola
Motorola Edge+


Depois de dois anos, a Motorola voltou para o mercado de celulares super-premium com o lançamento do Motorola Edge+ e do Motorola Edge nesta quarta-feira (22). Com processador de última geração, câmera de até 108 MP e bateria que promete durar bastante, os smartphones chegam para competir com topos de linha como iPhone 11 e Galaxy S20. 

O Motorola Edge+ é a versão mais completa da linha e, por enquanto, chega ao mercado norte-americano por US$1.000 (cerca de R$5.400). Já o Motorola Edge será disponibilizado inicialmente na Itália por €699 (cerca de R$4.000). Ainda não há data para a chegada dos modelos ao Brasil. 

A linha Motorola Edge

O nome Edge da linha da Motorola faz referência às bordas infinitas presentes em ambos os dispositivos. As laterais dos aparelhos são invadidas por tela, e permitem que os usuários ativem notificações a partir delas. 

Leia também: O flip voltou com tudo: Motorola Razr ganha Oscar do design

Ambos os celulares têm 6,7 polegadas, câmera frontal de 25 MP em um notch e desbloqueio por impressão digital diretamente na tela. Outra característica comum aos dois smartphones é a presença do Android 10 e a resolução Full HD+ na tela. 

Características poderosas

Além das características em comum, os novos celulares da Motorola se diferenciam pelas especificações. A versão mais poderosa, o Edge+, vem com chipset Snapdragon 865 , o mais avançado da Qualcomm atualmente. É o processador que permite que o smartphone tenha conectividade ao 5G. A memória RAM surpreende com seus 12 GB. 

Motorola arrow-options
Divulgação/Motorola
O processador do Motorola Edge+ é o Snapdragon 865


Outro ponto forte desse celular é o conjunto de câmeras traseiras. A lente principal tem 108 MP e abertura f/1.8. Ela vem acompanhada de uma câmera ultra-wide de 117º, 16 MP e abertura f/2.2, além de uma teleobjetiva de 8 MP e abertura f/2.4.

Leia também: 5 bons celulares da Motorola por menos de R$ 1000

A bateria de 5.000 mAh promete que os usuários consigam ficar até dois dias longe das tomadas. O carregamento rápido é de 18W e, na versão sem fio, ele chega a 15W. 

A versão mais barata

Já a versão padrão do Motorola Edge tem algumas especificações diferentes, mas não fica muito para trás. O conjunto de câmeras, por exemplo, é bem parecido com o do modelo irmão. A diferença está na lente principal, que é de 64 MP ao invés de 108 MP. 

Motorola Edge arrow-options
Divulgação/Motorola
Motorola Edge. Na foto é possível ver o conjunto de câmeras e o notch na parte frontal do dispositivo


Outra diferença está no processamento. No Motorola Edge , o chipset é o Snapdragon 765, que vem acompanhado de 6 GB de memória RAM. A bateria é de 4.500 mAh, o que promete ser o suficiente já que a capacidade de processamento é menor. 

No que diz respeito à memória, o Motorola Edge traz vantagens e desvantagens em relação à versão Plus. A desvantagem é que ele vem com 128 GB de armazenamento, enquanto o Edge+ tem 256 GB. A vantagem, no entanto, é que a versão padrão tem suporte a microSD de até 1TB, enquanto o modelo Plus não suporta cartão de memória.  

O Motorola Edge foi lançado nas cores preto e rosa, enquanto o Motorola Edge+ chega ao mercado em versões cinza e vinho.

    Veja Também

      Mostrar mais