coronavírus
Unsplash/Gilles Lambert
Sensor funciona conectado a qualquer smartphone


Pesquisadores da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, desenvolveram um sensor que é capaz de identificar o novo coronavírus (Sars-Cov-2) diretamente no celular em apenas um minuto. O sensor fica conectado ao smartphone através da entrada do carregador.

Para realizar o teste de Covid-19 , é preciso apenas espirrar ou tossir sobre o sensor. Em seguida, filamentos de DNA presentes no dispositivo se ligam à proteína do novo coronavírus, acionando um sinal elétrico para mostrar o resultado positivo.

Leia também: Facebook se tornou um campo de batalha sobre vacinação, aponta estudo

A novidade também serve para identificar a presença do vírus em superfícies, bastante esfregá-las ao sensor. Os resultados saem em apenas 60 segundos e, ao jornal Daily Mail, o pesquisador Massood Tabib-Azar explicou que isso se deve à maneira como o teste é realizado. "Outros testes por aí detectam partes do vírus como o DNA ou o RNA. Nosso dispositivo detecta o vírus como um todo, por isso é mais rápido", esclarece.

Sensor que identifica o novo coronavírus
Reprodução/Universidade de Utah
Sensor identifica a presença do novo coronavírus e repassa a informação ao celular conectado


Como o sensor fica conectado ao smartphone , é possível compartilhar o resultado do teste com agências de saúde, a fim de que a disseminação do novo coronavírus  seja melhor controlada pelos governos. "Isso pode gerar um mapa em tempo real de como o coronavírus está mudando em uma cidade ou país", disse Massood Tabib-Azar ao Daily Mail.

Outra facilidade do sensor é que ele é portátil e reautilizável, sendo possível realizar vários testes em um mesmo dispositivo. Embora a tecnologia já funcione bem, o sensor ainda é um protótipo. De acordo com as estimativas dos pesquisadores, ele poderia começar a ser testado clinicamente em cerca de três semanas.

    Veja Também

      Mostrar mais