arabot
Reprodução
Robô consegue identificar se pessoas estão usando máscaras corretamente além de medir temperaturas

Um robô que entende mais de 53 idiomas, fiscaliza o uso de máscaras e ainda mede a temperatura de quem está por perto é uma das novas armas da Bélgica contra a Covid-19. Os robôs já existem no país desde 2013 e auxiliam o trabalho e hospitais e casas de repuso, mas agora ganharam uma nova função.

Em entreista à Reuters TV, o gerente Michael Vanmechelen, do Hospital Universitário Antuérpia - primeiro a receber os robôs - afirmou que a principal vantagem é que eles podem ir em dirção às pessoas, diferentemente de um terminal fixo.

Leia mais: Zuckemberg muda discurso e critica checagem de fatos nas redes sociais

Além da Bélgica - que aos poucos flexibiliza as medidas de distanciamento social -os robôs, desenvolvidos pela Zarabots, também farão parte de hospitais na França, Holanda, Estados Unidos e Ruanda.

    Veja Também

      Mostrar mais