Robô consegue identificar se pessoas estão usando máscaras corretamente além de medir temperaturas
Reprodução
Robô consegue identificar se pessoas estão usando máscaras corretamente além de medir temperaturas

Um robô que entende mais de 53 idiomas, fiscaliza o uso de máscaras e ainda mede a temperatura de quem está por perto é uma das novas armas da Bélgica contra a Covid-19. Os robôs já existem no país desde 2013 e auxiliam o trabalho e hospitais e casas de repuso, mas agora ganharam uma nova função.

Em entreista à Reuters TV, o gerente Michael Vanmechelen, do Hospital Universitário Antuérpia - primeiro a receber os robôs - afirmou que a principal vantagem é que eles podem ir em dirção às pessoas, diferentemente de um terminal fixo.

Leia mais: Zuckemberg muda discurso e critica checagem de fatos nas redes sociais

Além da Bélgica - que aos poucos flexibiliza as medidas de distanciamento social -os robôs, desenvolvidos pela Zarabots, também farão parte de hospitais na França, Holanda, Estados Unidos e Ruanda.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários