chip
Elon Musk
Elon Musk é o cofundador da Neuralink

Em breve, chips poderão ser implatados em seres humanos para conectá-los com computadores. É o que promete a empresa Neuralink, do bilionário Elon Musk , que mostrou os avanços de sua tecnologia na última sexta-feira (28).

Durante o evento, Musk apresentou alguns resultados das pesquisas da empresa. Um chip desenvolvido pela Neuralink já foi implementado em porcos, permitindo que as atividades cerebrais dos animais fossem registradas em computadores. 

Quando a tecnologia chegar a humanos, a promessa é de que ela ajude a curar doenças como o Alzheimer . Além disso, pessoas com doenças neurológicas poderiam ser capazes de controlar celulares e computadores com a mente. 

Mas Musk também promete que os chips são uma "jornada para capacitar humanos com superpoderes". Com a chamada "cognição super-humana", a empresa pretende conectar a mente humana à inteligência artificial , aumentando suas capacidades. 

Chip no cérebro

Durante a apresentação, a Neuralink apresentou seu sensor que pode ser implementado no cérebro . Ele possui 8 milímetros de diâmetro e tem mais de 3 mil eletrodos conectados a fios mais finos que um fio de cabelo.

O chip é capaz de acompanhar a atividade de mil neurônios - ao todo, temos cerca de 80 bilhões deles. Musk descreve o chip como um "Fitbit em seu crânio".

chip
Divulgação/Neuralink
Em testes, porco teve chip implantado no cérebro

A Neuralink ainda mostrou o porco Gertrude, que ficou com um chip em seu cérebro por dois meses. O sensor ficou na parte que controla o focinho do animal, e conseguia enviar dados para um computador.

O chip desenvolvido também pode ser tranquilamente retirado do cérebro, afirma a empresa. É o que já aconteceu com dois outros porcos. "Todos estão saudáveis, felizes e sem diferenças em relação a um porco normal", disse Musk. A empresa espera que testes em humanos já sejam realizados no ano que vem.

    Veja Também

      Mostrar mais