videogame
shutterstock
Jogos de videogame podem fazer bem à saúde

Pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, publicaram nesta segunda-feira (16) um estudo que conclui que jogar videogame pode ser benéfico para a saúde mental. A pesquisa se baseou nos jogos "Animal Crossing", da Nintendo, e "Plants vs. Zombies", da Electronic Arts. As informações são da agência France Presse (AFP).

De acordo com os pesquisadores, os jogos online garantem a possibilidade de encontros virtuais, muito importantes durante a pandemia de Covid-19 .

"Ao contrário dos temores generalizados de que muito tempo gasto jogando videogame pode gerar vício e prejudique a saúde mental, encontramos uma pequena correlação entre jogos e bem-estar ", disseram os autores da pesquisa.

O resultado da pesquisa é novidade, já que estudos anteriores garantem que passar longos períodos jogando pode ter efeitos negativos. Desde 2018, o vício em videogames é considerado uma doença psicológica pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os jogos analisados podem explicar o resultado positivo. De acordo com o estudo, pessoas que jogaram "Animal Crossing" por mais de quatro horas por dia disseram estar mais felizes. Tanto esse título quando "Plants vs. Zombies", porém, não estão entre os games mais polêmicos por violência ou incitação para gastar dinheiro e, pelo contrário, trazem cenários coloridos.

"Nossos resultados foram notavelmente semelhantes para os dois títulos, que não pertencem ao mesmo gênero", disse Matti Vuorre, um dos autores do estudo, à AFP. "A realização de estudos adicionais fornecerá a oportunidade de estudar uma amostra mais ampla de gêneros ".

    Veja Também

      Mostrar mais