Realme 7 Pro
Emerson Alecrim/Tecnoblog
Realme 7 Pro

A marca chinesa Realme chegou ao Brasil no início deste ano com a promessa de vender celulares e outros dispositivos eletrônicos de qualidade e com preço baixo. A aposta no bom custo-benefício é o principal atrativo da marca, forte concorrente da Xiaomi no exterior.

Além de ser dona do celular com 5G mais barato do Brasil , a Realme também tem outros destaques. É o caso, por exemplo, do Realme 7 Pro , um intermediário bastante poderoso que recarrega a bateria em apenas 34 minutos.

O modelo é uma versão mais robusta do Realme 7, e traz 4.500 mAh de bateria. O carregador rápido de 65 W consegue recarregar 42% da bateria em apenas 10 minutos, além de completá-la em 34 minutos.

Além da recarga rápida, outro atrativo é o processador Snapdragon 720G , usado em celulares intermediários gamers. Ele é acompanhado por poderosos 8 GB de memória RAM, que prometem fazer com que o smartphone não trave.

Na traseira, o Realme 7 Pro tem quatro câmeras, sendo a principal delas de 64 MP. As demais, de 8 MP, 2 MP e 2 MP são, respectivamente, ultra-wide, macro e de profundidade. A câmera de selfie tem 32 MP.

O celular vem com Android 10 de fábrica, o que deixa a desejar. Apesar disso, a atualização para o Android 11  é garantida. O modelo chegou ao Brasil em janeiro pelo preço sugerido de R$ 2.999 mas, atualmente, já é possível encontrá-lo por cerca de R$ 2 mil.

Especificações do Realme 7 Pro

  • Tamanho da tela: 6,4 polegadas
  • Resolução da tela: Full HD+ (2400 x 1080 pixels)
  • Painel da tela: Super AMOLED
  • Câmera principal: quádrupla, 64, 8, 2 e 2 MP
  • Câmera frontal (selfie): 32 MP
  • Sistema: Android 10
  • Processador: Snapdragon 720G (octa-core de até 2,3 GHz)
  • Memória RAM: 8 GB
  • Armazenamento (memória interna): 128 GB
  • Cartão de memória: sim, microSD de até 256 GB
  • Capacidade da bateria: 4.500 mAh
  • Dual SIM: sim, nano-SIM
  • Peso: 182 gramas
  • Cores: Azul Espelhado e Prateado Espelhado

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários