Saiba como manter seu celular mais seguro
iStock
Saiba como manter seu celular mais seguro

42% dos brasileiros adiam as atualizações dos seus dispositivos eletrônicos por considerarem que a tarefa é tediosa, de acordo com um levantamento da empresa de cibersegurança Kaspersky.

Em toda a América Latina, os brasileiros são os que mais admitiram atrasar a instalação das atualizações. Dentre os que não fazem o update no Brasil, 33% dizem estar ocupado no trabalho, 23% não querem parar de usar o dispositivo no momento da atualização e 20% se recusam a fechar o aplicativo que estão usando no momento.

Adiar as atualizações, porém, pode ser bastante perigoso - risco que não é reconhecido por 71% dos brasileiros. Constantemente, pesquisadores de segurança estão testanto sistemas e, quando falhas são encontradas, soluções para elas são enviadas em atualizações , o que as torna tão importantes.

"Os alertas para atualizar nossos dispositivos podem não vir em horários convenientes, mas é importante executar esta tarefa o mais rápido possível", afirma Dmitry Bestuzhev, diretor da Equipe de Pesquisa e Análise da Kaspersky na América Latina. Ele explica, ainda, que falhas não corrigidas podem deixar os usuários vulneráveis a ataques hackers e instalações de vírus, que podem levar à espionagem de dados ou roubo de dinheiro .

Segundo o especialista, as descobertas de novas vulnerabilidades acontecem com bastante frequência. "Portanto, se o dispositivo não for atualizado por muito tempo, ele estará cada vez mais exposto a invasões. Os desenvolvedores corrigem estas vulnerabilidades com atualizações, mas se elas não forem instaladas pelas pessoas, o sistema permanecerá vulnerável", alerta Bestuzhev.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários