Huawei terá equipamentos retirados dos EUA
Unsplash/Omid Armin
Huawei terá equipamentos retirados dos EUA

A Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos decidiu com unanimidade, nesta terça-feira (13), gastar US$ 1,9 bilhão para trocar os equipamentos de empresas chinesas usadas nas redes de telecomunicações. Aparelhos da Huawei e da ZTE serão substituídos por semelhantes de outras marcas.

O dinheiro será pago para operadoras de telefonia que tenham menos de 10 milhões de clientes e utilizem equimentos das marcas chineses. A maior parte delas está nas áreas rurais dos EUA.

No ano passao, a FCC caracterizou Huawei e ZTE como ameaças à segurança nacional, impedindo que empresas americanas usem um fundo governamental para adquirir equipamentos das marcas chinesas. Em dezembro, o órgão ordenou que as operadoras substituíssem os equipamentos das fabricantes e, agora, vai subsidiar essa troca no caso das operadoras menores.

Nenhuma prova foi mostrada pelo governo dos EUA para justificar essa "ameaça nacional", e as companhias constantemente se defendem dos ataques - muitos vinham do ex-presidente Donald Trump .

Em declaração, a Huawei disse que as novas regras "são simplesmente uma tentativa irrealista de consertar o que não está quebrado". "A iniciativa da FCC apenas cria desafios extraordinários para as operadoras nas áreas mais rurais/remotas dos EUA para manter o mesmo alto nível e qualidade de serviço que elas fornecem a seus clientes sem interrupção", continuou a empresa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários