Veja como transferir dinheiro pelo WhatsApp
Unsplash/Alexander Shatov
Veja como transferir dinheiro pelo WhatsApp

Para fazer transações no WhatsApp, é preciso que o usuário tenha uma conta no Facebook Pay e que seu banco esteja entre os parceiros do app. Por enquanto, estão nesse rol: Nubank, Itaú Unibanco, Bradesco, Banco do Brasil, Banco Inter, Mercado Pago, Next, Sicredi e Woop Sicredi.

"Para poder realizar uma transferência via WhatsApp, é necessário ter uma conta no Facebook Pay, é por meio dessa ferramenta que as transações são realizadas", explica o educador financeiro da plataforma "Dinheiro com você", William Ribeiro.

O valor das transferências é limitado a mil reais por transação, e o usuário pode receber até 20 transações por dia, com limite de R$ 5 mil durante o mês. Ribeiro destaca uma desvantagem do serviço oferecido pela paltaforma de mensagem. "Uma transação feita por engano não pode ser desfeita ou cancelada. Se isso acontecer, o usuário depende da boa vontade de quem recebeu devolver o dinheiro", comenta.

Ribeiro chama a atenção também para o risco de golpes e mostra vantagens e desvantagens em utilizar o novo serviço do WhatsApp. "É preciso muito cuidado. Com as novas funcionalidades que ainda não estamos totalmente familiarizados, também surgem novas possibilidades de golpes. Lembre-se de que não importa se a pessoa se considera uma pessoa muito bem-informada e blindada contra isso. Na verdade, o efeito é justamente o contrário: isso pode deixar a pessoa ainda mais vulnerável, devido a uma falsa sensação segurança", alerta.

Você viu?

Como transferir o dinheiro

Após cadastrar o cartão ou banco no Facebook Pay, o usuário, ao acessar o WhatsApp, deve escolher o contato para o qual gostaria de realizar uma transferência. Em seguida, precisa selecionar a opção "Pagamento" no menu e digitar a quantia. Caso queira, é possível mandar uma mensagem para o destinatário, que deve estar na lista de contatos e igualmente cadastrado no Facebook Pay.

A notificação da transferência segue como se fosse um anexo da mensagem com o status de "Pendente" até a pessoa aceitar o recebimento. É importante ressaltar que, assim como o Pix, o Facebook Pay funciona como um canal e não como uma carteira digital onde o dinheiro poderá ficar guardado com um saldo para ser utilizado posteriormente em outras transferências ou pagamentos para o próprio Facebook.

Confira os prós e os contras

Vantagens

  • O sistema é muito simples. Os usuários podem utilizar com muita facilidade, já que estão familiarizados o aplicativo. Não é a toa que está entre um dos mais baixados do mundo;
  • Não há cobrança de taxas;
  • É possível fazer o convite para amigos e familiares a utilizarem o serviço, desde que estejam em uma instituição financeira que já permita essa conexão;
  • Não há necessidade de instalar um novo aplicativo, o que em alguns aparelhos pode ser um problema devido ao espaço disponível na memória;
  • Dados do usuário são protegidos por um pin personalizado ou pela biometria disponível em alguns aparelhos.

Desvantagens

  • Serviço ainda não está disponível para todas as instituições financeiras, por enquanto apenas para Banco do Brasil, Banco Inter, Bradesco, Itaú, Mercado Pago, Next, Nubank, Sicredi e Woop Sicredi;
  • As pessoas podem enviar somente até mil reais por transação e receber até 20 transações por dia, com um limite de R$ 5 mil durante o mês;
  • Ainda não é possível realizar transferências para realizar compras;
  • Somente estão autorizadas transferências dentro do território nacional e em reais;
  • Não é possível utilizar o cartão de crédito;
  • Transferências são realizadas apenas entre pessoas físicas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários