Mark Zuckerberg, CEO do Facebook
Reprodução/Facebook
Mark Zuckerberg, CEO do Facebook

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, deu mais detalhes sobre a criação do metaverso nesta quinta-feira (28). Durante apresentação na conferência Connect 2021, o executivo fez uma demonstração do ambiente virtual.

Para Zuckerberg, o metaverso nada mais é do que "a próxima geração da internet". Na demonstração, avatares das pessoas interagiram em um ambiente completamente virtual, que conta com jogos, filmes, festas, lojas, reuniões e muito mais.

"Você realmente vai sentir como se estivesse lá com outras pessoas", disse Zuckerberg, acrescentando que será possível "trazer qualquer coisa do mundo real para o metaverso".

No metaverso, hologramas, realidade virtual e realidade aumentada serão comuns. "Haverá novos jeitos muito mais naturais de interagir com dispositivos", definiu Zuckerberg.

Leia Também

Leia Também

Esse universo digital pode parecer ficção científica por enquanto mas, de acordo com o CEO do Faceook, em cinco ou 10 anos, o metaverso será convencional.

O que já existe?

Atualmente, o Facebook trabalha na plataforma Horizon, que está em fase beta (de testes). Nesse universo digital, há o Horizon Home, que é a casa virtual de cada usuário, e os Horizon Worlds, espaços virtuais nos quais qualquer um pode criar mundos, jogos e experiências.

De acordo com Zuckerberg, o papel do Facebook é criar plataformas e ferramentas para que desenvolvedores criem esses mundos digitais. "São os criadores e desenvolvedores que vão criar o metaverso", disse ele.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários