Sites falsos crescem antes da Black Friday
Unsplash/Mika Baumeister
Sites falsos crescem antes da Black Friday

O número de sites maliciosos relacionados a compras online bateu recorde neste período que antecede a Black Friday. O aumento foi de 178% em comparação com meses anteriores, de acordo com levantamento da Check Point Research (CPR), fornecedora de soluções de cibersegurança global.

"Rastreamos o número de sites maliciosos relacionados a compras online quase todos os anos, antes dos feriados de comércio eletrônico em novembro. Os números deste ano quebraram nossos recordes. Os atacantes estão dobrando esses sites para atrair consumidores ao golpe por meio de ofertas 'boas demais para serem verdade', prometendo 80% ou 85% de desconto. A estratégia deles é capitalizar sobre a ansiedade do consumidor após ter mostrado um desconto surpreendente", explica Omer Dembinsky, gerente de Inteligência de Dados da Check Point Software Technologies.

O especialista recomenda que os consumidores tomem cuidado com essas ofertas "muito boas" enquanto fazem compras online nas datas de Black Friday.

"O usuário pode se proteger ao permanecer atento a domínios semelhantes, comprando de fontes confiáveis e identificando a redefinição de senha e outras notificações relacionadas à conta que mostram urgência excessiva. Não clique nesses links e, se necessário, vá diretamente para o site e altere os detalhes de sua conta", ressalta Dembinsky.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários