Meta é o novo nome do Facebook
Reprodução
Meta é o novo nome do Facebook

Um tribunal da Rússia multou o Google e a Meta (ex-Facebook) nesta sexta-feira (24), por permitirem a manutenção de conteúdos "proibidos", informa a AFP. A multa para o buscador foi de US$ 98 milhões, enquanto a rede social foi multada em US$ 27 milhões.

O comunicado do departamento de comunicação dos tribunais de Moscou informou que as empresas foram "reincidentes" porque não eliminaram de suas plataformas conteúdos considerados ilegais no país. 

A agência russa de telecomunicações Roskomnadzor disse que as publicações alimentavam o "ódio religioso", além de dar informação "pouco confiável", ou perigosa para os menores, ou apoiam "organizações terroristas, ou extremistas".

Segundo a Roskomnadzor, a Meta conta com mais de 2 mil conteúdos proibidos na Rússia. No caso do Google, são mais de 2.600.

Leia Também

"Vamos estudar os documentos do tribunal para decidir as medidas a serem adotadas", disse a assessoria do Google à AFP.




    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários