Delta Airlines
Raphael Magalhães
Delta Airlines

As gigantes de telefonia AT&T e Verizon anunciaram o adiamento do início da operação de suas redes 5G perto de aeroportos nos Estados Unidos, após companhias aéreas terem alertado para o risco de interferência nos instrumentos de aviões.

Segundo as operadoras, o objetivo é evitar um potencial "caos" no setor aéreo nesta quarta-feira (19), quando a rede de quinta geração começa a funcionar.

As companhias de aviação civil alegam que o 5G poderia interferir nos instrumentos de bordo necessários para a aterrissagem em condições de baixa visibilidade.

O secretário dos Transportes, Pete Buttigieg, e o chefe da Administração Federal de Aviação (FAA), Steve Dickson, também haviam pedido o adiamento, bem como as fabricantes de aviões Airbus e Boeing.

"Esse acordo evitará uma potencial e devastadora interrupção das viagens de passageiros, das operações de carga e da retomada de nossa economia", disse o presidente Joe Biden.

Ainda assim, a companhia aérea Emirates Airlines suspendeu os voos para nove aeroportos dos EUA: Boston, Chicago, Dallas-Fort Worth, Houston, Miami, Newark, Orlando, San Francisco e Seattle. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários