Elon Musk, dono da SpaceX
Steve Jurvetson/Flickr
Elon Musk, dono da SpaceX

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou nesta sexta-feira (28) a empresa SpaceX, do bilionário Elon Musk, a oferecer internet via satélite do seu programa Starlink no Brasil.

A companhia adquiriu o direito de exploração de satélite estrangeiro não-geoestacionário de baixa órbita até 2027. Anteriormente, a agência avaliou conceder o direito até 2033, mas reduziu o prazo por conta do "caráter pioneiro" da tecnologia, que pode ter impactos ainda não previstos.

A oferta final de banda larga para os consumidores poderá ser realizada por qualquer empresa autorizada pela Anatel que contrate a capacidade da rede Starlink. A própria SpaceX também poderá oferecer internet diretamente para os consumidores se obtiver uma autorização para ingressar nesse mercado.

"É do interesse da empresa o provimento do acesso à internet para cliente distribuídos em todo o território brasileiro, o que certamente será bastante oportuno para escolas, hospitais e outros estabelecimentos localizados em áreas rurais e remotas", afirmou o conselheiro e presidente interino da Anatel, Emmanoel Campelo.

Leia Também

A internet via satélite da empresa de Elon Musk deve ser direcionada a clientes que ficam em locais mais afastados, sobretudo zonas rurais, e que, portanto, não têm acesso fácil à internet via cabo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários