iPhones roubados não poderão ser consertados
Divulgação/Apple
iPhones roubados não poderão ser consertados

A Apple vai passar a se recusar a consertar iPhones roubados ou perdidos em suas assistências técnicas oficiais. A descoberta foi feita pelo site MacRumors, que encontrou a nova regra em um memorando interno da empresa.

Segundo a regra, os técnicos da empresa devem passar a verificar o número de série e o IMEI do iPhone na base de dados da Apple antes de começar um reparo.

Essas informações serão checadas em uma base de dados global, e celulares registrados como furtados ou perdidos não poderão ser consertados nas lojas e assistências técnicas oficiais da Apple.

A iniciativa da Apple tem o objetivo de desencorajar pessoas a comprarem iPhones por meios ilegais, já que possíveis reparos não poderão ser feitos. A empresa ainda não confirmou oficialmente a novidade.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários