Facebook tem bug em seu algoritmo
Unsplash
Facebook tem bug em seu algoritmo

Nos últimos seis meses, o Facebook apresentou uma falha na classificação de seu algoritmo que expôs até metade de todas as visualizações do feed de notícias a conteúdos prejudiciais. A descoberta foi feita por engenheiros da rede social e veio a público através de um relatório interno obtido pelo The Verge.

O problema foi identificado pelos engenheiros pela primeira vez em outubro do ano passado. Na ocasião, uma onda repentina de desinformação começou a fluir no feed de notícias.

O bug fazia com que publicações marcadas como falsas pelos verificadores de fatos parceiros do Facebook, que normalmente são suprimidas, fossem, ao contrário, mais distribuídas. O relatório obtido pelo The Verge afirma que as visualizações dessas publicações aumentaram até 30% globalmente.

Na ocasião, os engenheiros foram incapazes de encontrar a raiz do problema e, nas semanas seguintes, viram o bug oscilar: o aumento da distribuição das postagens caiu, depois subiu novamente. A falha foi classificada como corrigida apenas em 11 de março, ou seja, cerca de seis meses após ser detectada.

Além de publicações falsas, a investigação interna apontou que o Facebook também aumentou a distribuição de nudez, violência e da mídia estatal russa, que a rede social recentemente prometeu reduzir o alcance por conta da guerra na Ucrânia.

Leia Também

Em comunicado ao The Verge, o porta-voz da Meta Joe Osborne confirmou o incidente. Ele afirmou que a companhia "detectou inconsistências no rebaixamento em cinco ocasiões distintas, que se correlacionaram com pequenos aumentos temporários nas métricas internas".

De acordo com os documentos, o problema apareceu pela primeira vez em 2019, mas não teve um impacto eprceptível até outubro de 2021. "Traçamos a causa raiz para um bug de software e aplicamos as correções necessárias", disse Osborne, que acrescentou que o bug "não teve algum impacto significativo e de longo prazo em nossas métricas" e não atingiu conteúdos que seriam excluídos.

A política do Facebook conta com dois tipos de conteúdos perigosos: aqueles que ferem completamente as regras e são excluídos e aqueles que ficam no limite do que é aceitável e não chegam a ser banidos, mas têm sua distribuição reduzida. O bug afetou o segundo grupo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários