Robô na lateral de uma moeda de um centavo de dólar
Reprodução/Universidade Northwestern
Robô na lateral de uma moeda de um centavo de dólar

Engenheiros da Universidade Northwestern, em Illinois (EUA), criaram o menor robô controlado remotamente do mundo. A inovação foi publicada nesta semana em um artigo na revista Science Robotics.

O robô tem cerca de meio milímetro de largura, o que permite que ele ande até na lateral de uma moeda, como é possível ver na imagem acima. O dispositivo foi inspirado em caranguejos, o que faz com que ele ande de lado. Além da caminhar, ele é capaz de torcer, girar e pular.

Os robôs caranguejos são feitos de metal e levaram cerca de um ano e meio para serem desenvolvidos. A movimentação do dispositivo acontece através do calor.

Estrutura do robô
Reprodução/Universidade Northwestern
Estrutura do robô

O robô é composto por um "corpo" plano e "pernas" dobráveis. Em sua forma original, as "pernas" ficam planas, junto ao "corpo". Quando elas recebem calor, porém, elas se dobram para que o robô fique em pé. O calor, então, é usado para que as "pernas" dobrem e estiquem, realizando o movimento.

Para controlar o robô caranguejo remotamente, os pesquisadores utilizam lasers, que são aplicado em diferentes partes para gerar o movimento desejado.

Por enquanto, o dispositivo ainda está em fase de desenvolvimento e foi criado para fins acadêmicos. No futuro, porém, esse tipo de tecnologia pode ser usada para pequenas cirurgias pouco invasivas, por exemplo, ou então para realizar reparos em máquinas de pequena escala.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários