Amazon tenta encerrar processo
Unsplash/Morning Brew
Amazon tenta encerrar processo

A Amazon propôs um acordo para encerrar uma investigação realizada pela Comissão Europeia. Acusada de favorecer seus próprios produtos em detrimento de terceiros que utilizam o marketplace e, assim, reduzir a livre concorrência, a empresa propôs algumas mudanças. As informações são da Bloomberg.

A gigante de tecnologia se compromete a parar de usar dados de vendedores independentes para fortalecer seu negócio e a "aplicar tratamento igual a todos os vendedores ao classificar suas ofertas para fins de seleção do vencedor".

Nesta quinta-feira (14), a Comissão Europeia disse que está ouvindo a opinião dos afetados a respeito do acordo oferecido pela Amazon antes de decidir, ou não, pelo fim da investigação. Isso deve acontecer até o dia 9 de setembro.

A investigação da Comissão Europeia sobre a Amazon começou ainda em 2019. Na ocasião, havia preocupações de que a empresa estaria usando dados de vendedores terceiros para identificar os produtos de maior sucesso. Assim, a companhia passava a estocar os mesmos itens, obtendo vantagem comercial.

Além disso, a investigação também buscava entender os critérios da Amazon para definir quais produtos apareceriam de forma destacada aos clientes. Suspeitas apontavam que os itens vendidos pela própria Amazon eram priorizados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários