Tamanho do texto

iPhone 11 foi anunciado por US$ 699, em torno de R$ 2.878, preço mais barato que modelos anteriores, como o iPhone XR, lançado no ano passado

Tim Cook, principal executivo da Apple, disse à revista alemã Stern que a empresa cobra "os menores preços possíveis" em iPhones e outros aparelhos eletrônicos da marca. A declaração veio acompanhada da observação de que o novo iPhone 11 chegou mais barato que os modelos anteriores, sendo anunciado por US$ 699, R$ 2.878.

Leia também: Por guerra comercial, Apple vai produzir iPhones americanos fora da China

apple arrow-options
Divulgação/Apple
Executivo da Apple falou sobre preços de produtos


Em 2018, quando o iPhone XR foi lançado, ele custava US$ 749, pouco mais de 3 milhões de reais na conversão. No Brasil, mercado que tem os iPhones mais caros do mundo, ainda não há preços definidos para os novos aparelhos da Apple  O i Phone 11 , o iPhone 11 Pro e o iPhone 11 Pro Max chegarão às lojas em 18 de outubro.

Leia também: Apple será julgada na Europa por 'sabotar' Spotify; entenda

Cook ainda disse que a empresa tenta encontrar preços mais em conta para os seus produtos: "Felizmente, fomos capazes de baixar o preço do iPhone neste ano”, afirmou ele, que também falou sobre a política de preços da Apple para seus serviços, como é o caso da Apple TV Plus. 

O executivo da Apple ainda falou que acredita que a Apple TV Plus tem espaço para fazer sucesso no variado mercado de serviços de streaming. Por fim, Cook defendeu a posição da empresa que é alvo de críticas da pré-candidata democrata à presidência dos Estados Unidos.