Celular pós-pago cresce 35% em três anos e supera pré-pago no Brasil
Leandro Kovacs
Celular pós-pago cresce 35% em três anos e supera pré-pago no Brasil

Os últimos meses têm sido decisivos para o mercado de planos de celular pós-pagos no país. Em setembro do ano passado, o número de acessos móveis pela modalidade chegou a ultrapassar o tipo pré-pago pela primeira vez no Brasil, com 114,7 milhões de assinantes totais. Agora, os dados mais recentes divulgados pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) reforçam a atratividade do pós: em junho de 2021, as adesões chegaram a 125,6 milhões, um aumento percentual de 35% em três anos.

A análise dos acessos acaba de ser divulgada pela plataforma Melhor Plano , que desenvolveu um estudo comparativo considerando as opções preferidas dos consumidores. Além do sucesso da modalidade, o levantamento analisou a queda considerável nas assinaturas do pré-pago, sua relação com a pandemia do novo coronavírus e possíveis tendências.

Ascensão do pós, queda do pré-pago

Se nos últimos três anos, a base pós-paga obteve crescimento de 35%, na comparação anual entre junho de 2020 e 2021, os acessos aumentaram 13%, já que foram de 111,09 para 125,6 milhões. O progresso ao longo do período foi constante, mas apresentou instabilidade de maio para junho deste ano, com uma pequena redução no número de acessos nacionais. De toda forma, a aderência maior à modalidade pode ser explicada pelos benefícios dos pacotes do tipo (aplicativos ilimitados, por exemplo), bem como o interesse em planos familiares em meio às atividades remotas.

Anatel compara os dados de acessos pré e pós-pagos no Brasil
Anatel
Anatel compara os dados de acessos pré e pós-pagos no Brasil

Já o segmento pré-pago, que sempre representou a maior parte dos acessos no país, cresceu de modo menos significativo no intervalo de um ano: de 114.09 em junho de 2020, os acessos foram para 116,8 milhões um ano depois, se desenvolvendo em apenas 2%. A adesão menor parece acompanhar a retração considerável das linhas pré-pagas entre a população nos últimos anos (de 2018 para cá, a queda total foi de 17,6%), movimento possivelmente ligado à migração cada vez maior para os planos controle — que atendem melhor à demanda atual por acesso à internet.

Sobre o Melhor Plano

Fundado em 2015, o  Melhor Plano é uma plataforma especializada na comparação imparcial e transparente de planos de telefonia e internet no Brasil. O site, que tem como missão ajudar os consumidores a tomarem decisões mais assertivas, compara serviços individuais e para família com até 5 linhas, do tipo controle e pós-pago, além de internet banda larga, tv por assinatura, fixo, combos e cartões de crédito. Até o momento, estima-se que mais de 30 milhões de pessoas foram impactadas por seus comparadores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários