Exclusivo: Carrefour prepara sua própria operadora de telefonia móvel
Lucas Braga
Exclusivo: Carrefour prepara sua própria operadora de telefonia móvel

Mais um dia, mais uma MVNO: o Carrefour se prepara para lançar sua própria operadora móvel virtual, e a empresa parceira é ninguém menos que a Surf Telecom. A Carrefour Chip já está em trâmites avançados na Anatel para começar a operação, e o Tecnoblog obteve uma cópia do contrato que detalha planos e condições da futura tele.

O Carrefour vai atuar como uma operadora credenciada, e a empresa responsável por toda infraestrutura é a Surf Telecom - que também está por trás de MVNOs como a Correios Celular, Lari Cel (da atriz Larissa Manoela), Revista Caras, Uber Chip, times de futebol e outras empresas não óbvias no mercado de telecomunicações. A Surf não tem rede própria a nível nacional, e no final das contas o sinal é fornecido pela TIM.

Vale lembrar que o Carrefour não é a primeira empresa do setor varejista a lançar uma operadora virtual, uma vez que a Magazine Luiza já teve a Maga+. No entanto, a concorrente encerrou o contrato de credenciamento com a Surf Telecom e deve lançar um novo serviço em parceria com a Claro.

Como serão os planos da Carrefour Chip

Um documento obtido pelo Tecnoblog mostram os planos que devem ser comercializados no lançamento da operadora do Carrefour. São eles:

Pacote de internet Chamadas de voz Apps ilimitados Preço mensal
3 GB
(2 GB + 1 GB de bônus Carrefour)
100 minutos WhatsApp, Meu Carrefour e Cybercook
Instagram e Facebook grátis por 1 mês
R$ 29,90
5 GB
(4 GB + 1 GB de bônus Carrefour)
Ilimitado WhatsApp, Meu Carrefour e Cybercook
Instagram e Facebook grátis por 3 mês
R$ 39,90
10 GB
(9 GB + + 1 GB de bônus Carrefour)
Ilimitado WhatsApp, Meu Carrefour e Cybercook
Instagram, Facebook e Waze grátis por 6 mês
R$ 49,90

Além dos planos acima, a Surf Telecom confeccionou um pacote exclusivo para funcionários do Grupo Carrefour - na prática é o mesmo plano de 10 GB, mas com valor de R$ 39,90 por mês.

Além da franquia de internet listada acima, será possível conseguir até 4 GB extras de internet, condicionados ao processo de portabilidade numérica, recargas recorrentes e algum tipo de vínculo com o cartão de crédito do Carrefour - não ficou claro se o bônus será concedido para titulares ou mediante adição de créditos pelo próprio cartão.

Posso dizer que fiquei um pouco surpreso com os planos da Carrefour Chip. As MVNOs da Surf Telecom costumam ter praticamente o mesmo portfólio, que costuma ser bem inferior ao comercializado por operadoras virtuais.

Ainda não se sabe quando as vendas da Carrefour Chip serão iniciadas. De qualquer forma, imagino que o lançamento não deve demorar muito: o app da operadora virtual já está disponível para download na Play Store.

Carrefour fica com até 10% das recargas

O documento obtido pelo Tecnoblog também esclarece o modelo de negócios da operação: toda a venda de chips será de responsabilidade do próprio Carrefour, e a Surf Telecom deve repassar para a varejista uma porcentagem das recargas feitas pelo cliente.

Sendo assim, a Surf Telecom pagará 10% ao Carrefour nas recargas feitas por qualquer canal, mas a adição de créditos realizadas em lojas físicas ou virtuais da varejista e sem intermediação de distribuidores de recarga terão comissão de 8%.

O Carrefour também terá uma comissão especial pela venda de chip com recarga, e ficará com 7% de todo o montante pago pelo cliente. O contrato também estabelece que 0,5% do total recebido pela varejista deve ser direcionado para ações de mídia da operadora virtual.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários