Página da retrospectiva 2021 do Apple Music
Página da retrospectiva 2021 do Apple Music (Imagem: Lucas Lima/Tecnoblog)

Com o fim do ano, já virou tradição esperar pelas retrospectivas de plataformas de streaming — aquele compilado de músicas, álbuns e artistas que descobriu ou mais ouviu no ano. Ainda que o movimento tenha começado com o “Spotify Wrapped”, outros serviços seguiram a campanha. Já disponível, veja como fazer sua retrospectiva do Apple Music para 2021.

Diferente do Spotify, a retrospectiva do Apple Music é feita pelo navegador, tanto do desktop ou pelo próprio smartphone (iPhone ou Android). Não é possível ver as estatísticas pelo aplicativo, apenas pela página do browser, veja como encontrar:

Leia Também

Leia Também



  1. Acesse a página da retrospectiva do Apple Music

    No navegador, acesse https://replay.music.apple.com/br e toque na opção “Ouça seu mix Replay” . Será necessário fazer login com seu Apple ID. Se estiver no iPhone e o navegador abrir o app do Apple Music direto, encerre o aplicativo e tente novamente ou tente fazer o processo pelo computador.
    Tela para calcular as estatísticas da retrospectiva de 2021 do Apple Music

  2. Acompanhe as estatísticas

    Depois de fazer login e esperar a página calcular as estatísticas, uma playlist com a retrospectiva de 2021 será oferecida para adicionar à biblioteca. Continue rolando a página para encontrar os dados de músicas, artistas e álbuns mais ouvidos no ano. Retrospectiva do Apple Music de 2021

Quais informações encontro na retrospectiva da Apple?

A retrospectiva do Apple Music é bem mais simples que de a do Spotify. Para 2021, é possível ver: quantidade de horas de reprodução; faixas mais ouvidas (com o número plays de cada uma); número de artistas diferentes ouvidos; ranking dos artistas mais ouvidos (com o número de horas para cada um); número de álbuns escutados no ano; e ranking dos 10 álbuns mais ouvidos (com número de reproduções para cada).

Posso compartilhar minha retrospectiva no Instagram?

O Apple Music não oferece uma saída bem trabalhada para compartilhar a retrospectiva no Instagram, como faz o Spotify. A alternativa é fazer uma captura de tela e compartilhar na rede social.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários