Sony manda Google remover seu próprio link de Homem-Aranha por “pirataria”
Murilo Tunholi
Sony manda Google remover seu próprio link de Homem-Aranha por “pirataria”

A Sony está fazendo de tudo para remover da internet as cópias piratas de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa . Em uma das notificações, a produtora mandou o Google tirar dos resultados das buscas diversas páginas consideradas suspeitas de vazarem o filme. O problema é que a lista incluía links para sites de notícias famosos e até para o portal oficial da própria Sony na Espanha.

A história começou assim: a Columbia Pictures — subsidiária da Sony — contratou o grupo antipirataria 3ANTS para eles buscarem e listarem possíveis links que violassem os direitos autorais de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa . Após receber a lista, a empresa exigiu que o Google removesse do buscador todas as páginas citadas, e foi o que aconteceu.

A Columbia Pictures, porém, não revisou a seleção de links, resultando na remoção de diversas páginas “inocentes”, como sites de jornalismo que noticiavam os vazamentos do longa-metragem. Esse erro da Sony prejudicou os portais Syfy , Rolling Stone , Radio Times , Collider , The Free Press Journal , entre outros.

Leia Também

Além disso, o grupo 3ANTS incluiu na seleção de páginas suspeitas links oficiais da própria Sony, como o site espanhol da produtora. Ainda há informações se isso foi obra de uma ferramenta de análise automática ou se foi um erro humano. É difícil acreditar que uma pessoa tenha apontado como suspeito o portal da própria contratante. Portanto, é provável a culpa tenha sido de um robô.

Leia Também

Google percebeu o erro cometido pela Sony

A boa notícia é que o Google percebeu o erro e não removeu todos os links citados dos resultados das buscas. O site espanhol da Sony continua aparecendo no buscador, assim como a maior parte das notícias sobre os vazamentos de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa .

Contudo, nem todos os portais colocados na lista pelo grupo 3ANTS tiveram a mesma sorte. Até o momento, o artigo do The Free Press Journal sobre a presença de mineradores de criptomoedas em torrents do longa-metragem não está indexado no Google. O mesmo vale para a notícia publicada pelo site peruano Depor sobre o mesmo assunto.

Com informações: TorrentFreak .

Sony manda Google remover seu próprio link de Homem-Aranha por “pirataria”

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários