iPad Air 5 chega ao Brasil
Divulgação/Apple
iPad Air 5 chega ao Brasil

No começo de março, a Apple anunciou o iPad Air 5 e o Mac Studio. Os aparelhos já tinham preços em reais, mas faltava desembarcar por aqui. Agora não falta mais. O tablet e o computador de mesa estão disponíveis na loja da marca no Brasil. Os preços começam em R$ 6.799 e R$ 22.999, respectivamente.

O iPad Air 5 tem opções com 64 GB ou 256 GB de armazenamento interno, e Wi-Fi ou Wi-Fi e 5G de conectividade. O modelo mais avançado sai por R$ 9.999. A Apple promete entregas em um prazo de duas a três semanas.

  • iPad Air 5 64 GB e Wi-Fi: R$ 6.799;
  • iPad Air 5 64 GB e Wi-Fi + 5G: R$ 8.399;
  • iPad Air 5 256 GB e Wi-Fi: R$ 8.399;
  • iPad Air 5 256 GB e Wi-Fi + 5G: R$ 9.999.

O Mac Studio tem opções com os chips M1 Max ou M1 Ultra. Com o primeiro, há opções de GPU com 24 ou 32 núcleos; com o segundo, 48 ou 64 núcleos.

O modelo menos avançado tem preços começando em R$ 22.999, enquanto o mais potente custa a partir de R$ 58.999. A Apple promete entregar o produto em um prazo de uma a duas semanas, mas modelos mais completos podem levar até 12 semanas.

  • Mac Studio com M1 Max e GPU de 24 núcleos: R$ 22.999;
  • Mac Studio com M1 Max e GPU de 32 núcleos: R$ 25.399;
  • Mac Studio com M1 Ultra e GPU de 48 núcleos: R$ 46.999;
  • Mac Studio com M1 Ultra e GPU de 64 núcleos: R$ 58.999.

O computador ainda oferece outras opções de configuração como memória RAM de até 128 GB e SSD de até 8 TB, além de softwares de edição de áudio e vídeo. Com tudo no máximo e programas incluídos, o Mac Studio chega a R$ 97.798,80.

iPad Air 5 tem chip M1 do Mac e do iPad Pro

O iPad Air foi lançado em março deste ano e tem como principal destaque o chip M1, fabricado pela própria Apple.

Leia Também

O componente fez sua estreia no fim de 2020 no MacBook Air, no MacBook Pro e no Mac Mini. Em seguida, foi adotado pelo iPad Pro. Agora, chega a um modelo menos caro, trazendo desempenho para outros produtos da marca.

Outro destaque é o modem 5G, que traz o suporte à quinta geração de conexões sem fio para o iPad.

Mac Studio é um Mac Mini turbinado

Também apresentado em março, o Mac Studio é uma novidade na linha de computadores de mesa da Apple. Ele tem um formato parecido com o do Mac Mini, mas é mais alto.

Por dentro, o aparelho tem potência de sobra, com os chips M1 Max, já utilizado pelo MacBook Pro, e o novo M1 Ultra, feito especialmente para o produto. Este último, aliás, conta com CPU de 20 núcleos.

A promessa é que toda essa potência se traduza em mais velocidade durante tarefas pesadas, como edição de áudio, imagens e vídeo, criação de animações em 3D, entre outras.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários