Clientes da Oi Móvel já podem usar a rede da Claro em cinco DDDs de SP
Lucas Braga
Clientes da Oi Móvel já podem usar a rede da Claro em cinco DDDs de SP

A Claro deu um próximo passo na integração da compra da Oi Móvel , e anunciou que usuários de cinco DDDs do estado de São Paulo já podem acessar a nova rede de telefonia celular. A medida atinge 1,3 milhão de clientes, que passam a ter cobertura ampliada.

A princípio, a integração entre Claro e Oi Móvel atende apenas os DDDs 13, 14, 15, 17 e 18 . As demais regiões de São Paulo serão assumidas pela TIM, que prometeu acesso via roaming em até 30 dias a partir de 20 de maio, quando houve o fechamento do negócio (closing).

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia

É importante ressaltar que, nesse momento, a integração se refere apenas à rede e cobertura. A prestação de serviços continua com a Oi, incluindo atendimento e cobrança. De acordo com a Claro, o processo para incorporação completa da Oi Móvel pode levar até 12 meses, dependendo do tipo de plano e da região. A operadora reitera que os clientes serão comunicados a cada etapa da transformação.

A Claro é a segunda maior compradora da Oi Móvel em número de clientes. Ela irá assumir o serviço em 27 DDDs, com cerca de 11,7 milhões de linhas. A operadora pagou R$ 3,7 bilhões, mas não levou nenhuma licença de espectro por atingir o limite máximo da Anatel quando comprou da Nextel em 2019.

Clientes da Oi ganham "upgrade" da rede com a Claro

A Oi Móvel tinha planos muito competitivos, mas a qualidade do serviço deixa a desejar. No estado de São Paulo, por exemplo, a operadora tinha cobertura 4G em apenas 106 municípios, contra 561 localidades atendidas pela Claro com quarta geração.

Também dá pra afirmar que houve upgrade no cenário nacional: o 4G da Oi está presente em 1.043 cidades, enquanto a cobertura da Claro na tecnologia atinge 3.075 municípios. O mesmo acontece com TIM e Vivo, que possuem sinal de quarta geração em mais de 4 mil municípios.

Além de uma cobertura mais extensa, a rede da Claro tem qualidade muito superior à da Oi Móvel. A compradora detém mais licenças de espectro, o que garante maior capacidade disponível e permite entregar internet móvel com maiores velocidades.

Tecnocast 229 – Tudo que você precisa saber sobre a venda da Oi Móvel

O leilão pode ter acontecido em dezembro de 2020, mas a venda da  Oi Móvel  só foi autorizada agora, em fevereiro de 2022. Com isso, os clientes de telefonia móvel da empresa serão divididos entre o trio restante de operadoras nacionais: Claro, TIM e Vivo. O Brasil perde mais um player nesse segmento do mercado.

Nesse episódio contamos essa história bem lá do início. Por que a Oi Móvel precisou ser vendida? Como fica a concorrência no setor de telefonia móvel brasileiro com apenas três grandes operadoras? E, para os clientes da Oi, como serão as coisas daqui para frente? Para entender toda essa situação, dá o play e vem com a gente!



Clientes da Oi Móvel já podem usar a rede da Claro em cinco DDDs de SP

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários