Sony promete aumentar produção do PS5
Reprodução
Sony promete aumentar produção do PS5

O PlayStation 5 é difícil de ser encontrado nas lojas desde seu lançamento, em novembro de 2020. Sempre que o console fica disponível nas varejistas, o estoque acaba em poucos minutos. Apesar de ainda não ter uma previsão exata de quando essa situação vai melhorar, a Sony garante que irá resolver os problemas de fornecimento do PS5 "em breve".

A falta de estoque do PS5 não é algo que somente a Sony pode controlar. Há questões maiores que a própria empresa, como a crise de chips que afeta o mundo inteiro desde 2020. O problema também é causado pelo crescimento do número de cambistas que utilizam robôs para comprar várias unidades do console assim que chegam às lojas.

Como há poucas unidades disponíveis, os cambistas compram o videogame aos montes pelo preço oficial e, em seguida, revendem mais caro. Devido à alta demanda, algumas pessoas não conseguem esperar e se submetem aos preços abusivos do mercado paralelo — que podem ser até 50% maiores que o valor sugerido pela Sony.

A gigante japonesa pretende mudar essa realidade em breve. Em uma apresentação divulgada nesta semana para investidores, a Sony garantiu que vai intensificar a produção de PS5 nos próximos meses para reduzir os problemas de falta de estoque e ação de cambistas.

Sony espera recuperação financeira até 2024

Mesmo com a produção acelerada, ainda deve demorar para a Sony se recuperar financeiramente. O PS5 teve um ótimo primeiro ano, vendendo mais rápido entre 2020 e 2021 que o PS4 na época do lançamento, entre 2013 e 2014. Porém, chegando em 2022, o PS5 começou a desacelerar e vender menos que o esperado.

Segundo as previsões da empresa, uma mudança visível deve acontecer entre 2023 e 2024, no melhor dos casos. Até lá, as vendas do PS5 devem continuar abaixo das expectativas.

A Sony não só culpa a crise de chips, como também cita problemas de logística causados pelo conflito entre Rússia e Ucrânia nos últimos meses. Pelo que parece, a empresa precisa encontrar novos fornecedores de componentes, além de rotas alternativas para transportar seus produtos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários