Tamanho do texto

O AMAZFIT BIP é uma inovação no mercado que tem dificuldade para produzir aparelhos com muitas funcionalidades que gastem pouca bateria

Se você é dono de um smartphone, notebook, relógio smartwatch ou tablet já deve ter passado por grandes sufocos por conta da sua bateria. Novos dispositivos, dotados de tecnologias cada vez mais avançadas, tendem a ter autonomia reduzida por conta do grande número de processos que precisam realizar simultaneamente.

Leia também: Câmeras de vigilância permitem monitoramento de qualquer lugar no mundo

Isso acaba gerando uma grande desvantagem para o consumidor, que em muitos casos fica a mercê da carga do aparelho. Felizmente o mercado parece ter ouvido essa necessidade, e produtos com uma autonomia cada vez maior estão sendo lançados. A última novidade é um relógio smartwatch que consegue ficar longe dos carregadores por até 4 meses!

Por que é tão difícil construir uma bateria que dure muito?

O relógio smartwatch Amazfit Bip possui ótima autonomia
Squalo
O relógio smartwatch Amazfit Bip possui ótima autonomia

As baterias mais usadas no mercado atualmente têm como matéria prima o lítio e são capazes de produzir mais de 6 volts. Além de terem um custo de manutenção mais barato, esse tipo de equipamento carrega mais rápido, tem uma vida útil maior e armazena mais energia. Mas se a maioria dos produtos usa o mesmo material, porque a autonomia deles é diferente?

Todo processo dentro de um dispositivo consome força. Por exemplo, quanto mais núcleos de memória ele possuir, mais rápido sua bateria irá acabar. A solução para esse problema seria otimizar o software e hardware para ambos usarem o mínimo de energia possível, mas a quantidade de aplicativos e funcionalidades tornam a tarefa extremamente difícil. Fazer essa conciliação entre performance e autonomia é um dos maiores desafios das empresas de tecnologia atualmente.

Já existem produtos com uma boa autonomia de bateria?

Felizmente já existem casos de sucesso. Um exemplo é o Amazfit Bip, esse smartwatch consegue permanecer em funcionamento por até 120 dias no modo relógio (watch mode) sem precisar de uma recarga! O usuário pode escolher ligar e desligar outras funções que consomem mais energia, como os serviços de monitoramento cardíaco, integração de notificações com o smartphone, GPS e modos de esporte. Assim é possível que a quantidade e carga usada pelo relógio seja completamente controlada.  

Leia também: Relógios inteligentes ganham função de GPS; saiba porque ter um

Dispositivos com essa funcionalidade são perfeitos para pessoas ocupadas e que não querem se preocupar em recarregar o aparelho constantemente. Isso, aliado com o peso super leve, faz com que o usuário sequer note que está usando o produto na maior parte do tempo.           

O Amazfit Bip

O Amazfit Bip é semelhante em funcionalidades a diversos smartwatches já conhecidos, como o Apple Watch. Entretanto esse modelo, produzido pela Xiaomi (uma das maiores desenvolvedoras de dispositivos móveis do mundo), traz o benefício de ser mais barato - se tornando uma das melhores opções custo-benefício do mercado.

O aparelho é resistente a pó, chuva e respingos. Trás consigo monitores de frequência cardíaca, bússola, sensor de pressão de ar (ou barômetro, que mede a elevação do solo), GPS para mapear rotas e modos esportivos para personalizar a coleta de dados de acordo do esporte que o usuário está praticando.

Além de suprir as necessidades de atletas de diferentes níveis, o Amazfit Bip também é ótimo para usuários casuais por conta que permite a integração com smartphones Android e iOS, permitindo assim que as notificações sejam lidas sem sequer precisar tirar o celular do bolso.

Esse relógio smartwatch já pode ser adquirido por brasileiros pelo site da Squalo por R$ 449,90.

Smartwatch Xiaomi Amazfit BIP; Por: R$ 449,90 em até 12x de R$ 37,49
Squalo


    Leia tudo sobre: inovação
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.