Tamanho do texto

Jogo para navegadores Leo's Red Carpet Rampage convida o usuário a correr atrás da estatueta como o ator faz há anos

A torcida para que Leonardo Di Caprio ganhe um Oscar é tanta que até virou game para browser
Reprodução
A torcida para que Leonardo Di Caprio ganhe um Oscar é tanta que até virou game para browser

A saga de Leonardo DiCaprio por um Oscar se tornou tão famosa que ganhou até um game próprio. Em  Leo's Red Carpet Rampage , um jogo para navegadores ao estilo 8-bit, o usuário é convidado a correr atrás da estatueta de ouro no tapete vermelho. Na pele do ator indicado por O Regresso , o jogador precisa apenas de alguma teclas – G, H e a barra de espaço – e de muita coordenação nos dedos para correr atrás do Oscar, pular obstáculos e ultrapassar atuais oponentes como Matt Damon, indicado por Perdido em marte , ou Michael Fassbender, ator de Steve Jobs . Além deles, concorrem também ao Oscar de melhor ator Bryan Cranston, por Trumbo , e Eddie Redmayne, de A garota dinamarquesa , que venceu em 2015.

No maior estilo Arcade, o  Leo's Red Carpet Rampage , criado pelo estúdio The Line, é fácil de jogar e bastante divertido, pois trás elementos reais dessa saga pelo Oscar que vive Leonardo DiCaprio. Em sua quinta indicação, o ator foi indicado pela primeira vez em 1994 como melhor ator coadjuvante por  Gilbert Grape - Aprendiz de sonhador. 

Durante o game, além de correr atrás do Oscar, o jogador pode ganhar pontos coletando estatuetas de outros prêmios como Globo de Ouro, Emmy ou o Bafta. Coincidência ou não, neste ano, Leonardo DiCaprio já levou para a casa o Globo de Ouro de melhor ator, o Screen Actors Guild Award e também o BAFTA, todos por O Regresso . Além dos concorrentes deste ano, Leo também precisa pular icebergs e até mesmo Lady Gaga, em quem ele esbarrou durante o Globo de Ouro, tornando-se um meme quase instantâneo. Desafios tão engraçados quanto a corrida também divertem o jogador.

RedCarpetRampage.com Gameplay from The Line on Vimeo .


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.