Tamanho do texto

Seguidores da americana Tiffany Mitchell no Instagram dizem que publicação foi montagem para gerar engajamento na rede social de imagens

Olhar Digital

influenciadora arrow-options
Instagram/Reprodução
Imagem gerou comoção no início

No mês passado, a  influenciadora digital Tiffany Mitchell, publicou fotografias de si mesma deitada em uma estrada ao lado de uma moto do Instagram. Ela afirmava que havia sofrido um acidente e logo conquistou uma onda de simpatia de seus 211 mil seguidores.

Instagramáveis: 10 lugares em São Paulo perfeitos para suas fotos no Instagram

Pouco depois, no entanto, comentários a respeito da veracidade das imagens começaram a aparecer. Agora, uma publicação do Buzzfeed News  levanta ainda mais as suspeitas sobre o acontecimento — que pode ter sido um truque publicitário .

Tiffany diz que "nunca transformaria uma história pessoal muito importante como essa em uma campanha de marca", mas nas fotos é possível ver mais de um capacete e nenhum sangue no local.

Ainda é possível checar número de curtidas no Instagram; saiba como

Além disso, ela mencionou seu tatuador no post — e talvez a necessidade de um "retoque" em um desenho — e deixou uma garrafa de água com o rótulo de uma marca bem aparente nas imagens.

influenciadora arrow-options
Instagram/Reprodução
Seguidores acusaram a influenciadora de forjar acidente


No dia do acidente, Tiffany estava com a amiga Lindsey Grace Whiddon — que é fotógrafa e registrou os momentos. "Nas fotos, a cena parece planejada e, se eu não tivesse estado lá, também teria dúvidas", afirma Lindsey.

"Posso dizer, pela minha própria integridade pessoal e profissional, que as cenas não foram planejadas e que Tiffany não soube das fotos até horas depois do que aconteceu."

A influencer explicou que foi um passante que chamou a ambulância , mas que ela se negou a ir ao hospital porque não tinha sintomas de concussão. Ela lembra que perdeu um parceiro para um acidente de moto há três anos e, por isso, o ocorrido a afetou muito.

Tiffany nega todas as acusações e afirma ser "100% sempre honesta sobre minhas colaborações com marcas. (...) Se um produto é compartilhado por um acordo com uma empresa, eu sempre deixo isso claro", afirmou.

A influenciadora disse ainda que tem recebido até ameaças de morte à medida que a reação das redes sociais se intensifica. O post com as imagens foi excluído da conta.

    Leia tudo sobre: instagram