Tamanho do texto

Hacker invadiu uma câmera Google Nest que monitorava bebê; esta não é a primeira falha de segurança em dispositivos da empresa

Olhar Digital

google arrow-options
Unsplash
Hacker invade câmera de empresa da Google


A empresa da Google , Nest , focada em automação residencial , enfrenta muitos problemas em relação à segurança de seus dispositivos inteligentes . Por isso, repetidas vezes, as pessoas que possuem câmeras Nest descobrem que estão sendo observadas. Desta vez, uma babá foi surpreendida pela câmera de monitoramento de bebê.

A babá de uma família na Califórnia estava cuidando do bebê quando um estranho começou a gritar obscenidades e fazer ameaças pela câmera. Em meio aos gritos e reações, o hacker acabou ameaçando ir até a casa da família e sequestrar a criança.

Leia também: Funcionários da Amazon veem vídeos pessoais de câmeras de segurança de usuários

Jack Newcombe, pai da criança, conta que sua mulher recebeu uma mensagem da babá perguntando se eles estavam falando pela câmera. Ambos responderam que não, o que fez com que a funcionária contasse o ocorrido. Newcombe, então, foi checar o histórico de imagens, e afirmou:

"Ouço o toque familiar, o que significa que alguém está prestes a falar através da câmera. Então, para meu horror, uma voz feminina que não reconheço começa a falar com meu filho de 18 meses. Ele olha ao redor da sala e depois para o teto, imaginando quem está lá.

Parece que meu coração está prestes a bater no meu peito. O sangue corre para o meu rosto. Eu estou completamente desamparado. A voz está rindo quando entra em cena. Ela diz que temos uma casa agradável e incentiva a babá a responder. Ela não responde. A voz até brinca que ela espera que não mudemos nossa senha.

Após cerca de cinco minutos de abuso verbal, a voz começa a ficar agitada com a falta de resposta da babá e depois diz, com uma voz muito ameaçadora: 'Estou indo buscar o bebê, se você não me responder, cadela!'

As câmeras Nest acabam sendo alvos fáceis para hackers , visto que não exigem senhas robustas durante a instalação. Isso significa que as pessoas que querem invadir suas câmeras precisam ter um conhecimento sutil de segurança para conseguir fazê-lo.

Leia também: Teste mostra que é fácil roubar dados via Google Home e Alexa; assista

Newcombe, no entanto, diz entender que as vezes produtos não saem de fábrica com a privacidade e segurança 100% resolvidas, até porque hackers estão em todos lugares. Porém, a pior parte foi a falta de resposta do Google . Ele diz que ligou para o suporte da Nest , foi colocado em espera, e recebeu instruções mal descritas.

"Ninguém do Google reconheceu o incidente ou respondeu com alguma aparência de empatia. Em todos os emails, eles me lembram a autenticação em duas etapas. Eles agem como se eu continuasse usando as câmeras Nest ".