Tamanho do texto

O Instagram vinha realizando testes para ocultar o número de curtidas na rede social em países como o Brasil; agora, a novidade chegou aos Estados Unidos, maior público da plataforma

Olhar Digital

instagram arrow-options
shutterstock
Instagram pretende não mostrar curtidas nos Estados Unidos


Após disponibilizar testes para a função no Brasil em julho, o Instagram está expandindo a ideia de ocultar o número de curtidas para outros lugares. Dessa vez, o país escolhido foi os Estados Unidos - local onde se concentra o maior número de usuários do Instagram, com mais de 110 milhões de usuários. Quem anunciou a novidade foi Adam Mosseri, CEO da rede social, durante a conferência WIRED25.


Nos testes realizados até o momento, as curtidas recebidas em publicações ficam ocultas em postagens no feed e nos perfis. No entanto, os donos das fotos ainda podem ver quantas pessoas curtiram suas postagens. O recurso fica restrito apenas aos usuários externos e seguidores.

Leia também: Sem fofoca: Instagram tira aba “seguindo” do aplicativo

O recurso já vem sendo testado há alguns meses no Canadá, Irlanda, Itália, Japão, Brasil , Austrália e Nova Zelândia. O Facebook , dono do Instagram , também testa algo semelhante em sua rede social , mas a ocultação de curtidas, até o momento, está restrita à Austrália.

    Leia tudo sobre: Facebook instagram