Olhar Digital

WhatsApp
Reprodução
Cuidado com a divulgação de links de grupos do WhatsApp


Sabe aquele seu grupo de WhatsApp que deveria ser privado? Talvez ele não seja tão secreto assim, porque o Google está indexando links de acesso a grupos, permitindo que qualquer pessoa aleatória possa descobrir conversas que não deveriam poder ser encontradas tão facilmente.

Nesta sexta-feira (21), o jornalista Jordan Wildon publicou essa informação no Twitter . Não é muito difícil, também. Basta saber utilizar o mecanismo de busca do Google utilizando os termos “site:chat.whatsapp.com”, que filtra os resultados e exibe exclusivamente ligados à URL, normalmente ligada a conversas em grupo no aplicativo . Ao clicar em um dos links, o usuário só precisa confirmar o acesso clicando em “Entrar na conversa” e ele tem acesso a tudo que é discutido. Ao utilizar esse filtro, o Google mostra mais de 463 mil resultados .

Leia também: Facebook corrige brecha que permitia roubo de arquivos no WhatsApp Web

Talvez mais preocupante é o fato de que é possível acessar grupos de temas delicados e descobrir informações de seus participantes. Afinal de contas, ao entrar em uma conversa coletiva, é possível obter os números telefônicos e talvez até mesmo o nome dos membros. Essas informações podem ser utilizadas para fins malignos, como ataques de phishing direcionados.

Os grupos que podem ser encontrados no Google são de todos os tipos possíveis, e é possível encontrar vários grupos brasileiros sobre memes, política, dietas, estudos, trabalho e, claro, pornografia. Basicamente, qualquer grupo que tenha um link de convite público pode ser acessível pelas ferramentas de busca.

Leia também: WhatsApp chega a 2 bilhões de usuários; só três aplicativos atingiram a marca

Isso acontece pela forma como os mecanismos de indexação do Google funcionam. O robô da empresa vasculha páginas web atrás de links para catalogar; a partir de momento em que um link é divulgado em um site público , como redes sociais , por exemplo, ele passa a ser reconhecido e incluído nos resultados de pesquisa. Existem métodos para evitar que um site seja catalogado pelo algoritmo do Google , mesmo que o endereço seja publicamente exposto, mas o WhatsApp claramente não tomou essa precaução, ou não quis tomar.

Sobre o tema, o WhatsApp orienta administradores que não divulguem links para grupos que devem permanecer fechados. “Administradores de grupos podem convidar qualquer usuário do WhatsApp a se juntar a um grupo compartilhando um link que eles geraram. Como todo conteúdo que é compartilhado em canais públicos e pesquisáveis, links de convite que são postados publicamente na internet podem ser encontrados por outros usuários do WhatsApp. Links que usuários desejam compartilhar privadamente com pessoas que eles conhecem e confiam não devem ser postados em um site publicamente acessível ”, diz o comunicado de um representante do aplicativo .


    Leia tudo sobre: aplicativo

    Veja Também

      Mostrar mais