Olhar Digital

Microsoft Windows
Divulgação/Surface
Microsoft redefine Windows 10X


A Microsoft decidiu repensar o Windows 10X , o sistema operacional anunciado no ano passado planejado para dispositivos com duas telas. Agora, a empresa planeja levar o sistema operacional, pensado para ser mais flexível e simples do que o Windows 10 convencional, em notebooks comuns, com apenas um display.

Segundo Panos Panay, chefe da divisão de Windows e dispositivos da Microsoft , a decisão parece estar relacionada com a pandemia enfrentada pelo mundo agora. “O mundo é muito diferente do que era em outubro, quando apresentamos nossa visão para uma nova categoria de dispositivos com duas telas”, afirmou ele no blog oficial da empresa.

Leia também: Microsoft libera evento de graça na internet; saiba como participar

Apesar da crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), o Windows tem visto um aumento de uso nos últimos tempos, com mais pessoas forçadas a estudar e trabalhar de suas casas. O resultado disso foi um aumento de 75% no uso do sistema operacional quando comparado com o mesmo período do ano passado. Isso pode ter feito com que a empresa voltasse seus esforços para um formato mais convencional em vez de pensar em um formato ainda experimental.

O que não está claro é quando os primeiros notebooks com Windows 10X começarão a chegar ao mercado. A Microsoft também não detalhou o que o sistema operacional trará de diferente em comparação com o Windows 10 convencional além de uma interface um pouco mais moderna. A empresa precisará deixar claro quais são as vantagens e desvantagens de um sistema sobre o outro, o que até o momento fica pouco claro, especialmente quando os dois forem usados em laptops de uma tela.

Isso também não quer dizer que a Microsoft abandonou o Surface Neo e os dispositivos de tela dupla. O Neo foi adiado para 2021, ainda sem um prazo definido. Não há previsão para que aparelhos com dois displays comecem a chegar ao mercado.

    Veja Também

      Mostrar mais