Olhar Digital

Uber
shutterstock
Uber passará a enviar encomendas


Nesta segunda-feira (11), a Uber anunciou oficialmente a chegada de uma nova categoria ao Brasil: o Uber Flash . A modalidade permite que usuários solicitem, por meio do aplicativo , viagens para entrega de itens e artigos pessoais para familiares e amigos.

A iniciativa, que tem o mesmo custo praticado pela opção UberX, tem como objetivo colaborar com o distanciamento social proposto pela situação da pandemia e atuar como uma opção complementar de ganhos para os motoristas parceiros.

Leia também: Instagram libera pedido de comida no Rappi e UberEats pelos Stories

Em comunicado, a empresa destaca que o lançamento faz parte de uma estratégia para minimizar os impactos causados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) – por conta da doença, a companhia fechou o primeiro trimestre de 2020 com prejuízos devido à diminuição no número de viagens solicitadas.

Como funciona?

Na categoria Uber Flash , os usuários podem solicitar o envio de objetos como presentes, documentos e outros artigos pessoais, de porte médio ou pequeno, e que possam ser acomodados no porta-malas do veículo. Para escolher a modalidade, basta seguir os passos:

  1. Abrir o aplicativo e selecionar o endereço de retirada e de entrega;
  2. Selecione a opção Uber Flash e veja se o item se enquadra nas categorias descritas;
  3. Confirme o envio e esteja com o item pronto para entregar ao motorista.

Leia também: Coronavírus: Uber suspende viagem compartilhada no Brasil

Para minimizar o contato físico, a empresa recomenda que o solicitante utilize o chat do aplicativo para conversar com o motorista e fornecer informações como nome do destinatário e orientações para entrega.

Vale lembrar que não é permitido enviar itens de valor ou cujo transporte seja proibido por lei. A Uber destaca que é importante revisar as regras exibidas antes da solicitação para evitar possíveis prejuízos gerados pelo cancelamento da viagem.

Por enquanto, a categoria Uber Flash está disponível em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Salvador.

    Veja Também

      Mostrar mais