Netflix é alfinetada pela concorrência nas redes sociais
Unsplash
Netflix é alfinetada pela concorrência nas redes sociais

A Netflix anunciou que vai reajustar os preços dos planos por assinatura no Brasil e, como esperado, a notícia não agradou o público – que criticou o novo valor do plano premium, de R$ 55,90, apontando a possibilidade de assinar cinco plataformas diferentes com o custo. No entanto, os concorrentes HBO Max e Amazon Prime Video aproveitaram a oportunidade nas redes sociais para "cutucar" a decisão do serviço.

A começar com o streaming da Warner Bros, que respondeu um questionamento da influenciadora Nath Finanças . "Gente, vocês pagam serviços de streaming sozinhos? Não dividem com ninguém? Exemplo: um paga Netflix e outro paga HBO Max, mas compartilham a senha pra ambos usarem", disse ela, ao que a conta oficial da plataforma respondeu em sintonia, incentivando o compartilhamento de senhas.

"Não é proibido dividir sua conta com seus amigos, família ou conhecidos. Por isso mesmo que o ‘Multitelas’ tem 5 perfis diferentes e a possibilidade de 3 streamings simultaneamente", afirmou o HBO Max (que disponibiliza pacotes entre R$ 9,95 a R$ 27,90 ao mês), provocando a Netflix, que é totalmente contra o compartilhamento de senhas.

Você viu?

O Prime Video (R$ 9,90 por mês) também aproveitou a oportunidade para alfinetar à concorrente com uma "indireta". Ao ser mencionada no Twitter várias vezes ao ponto de entrar nos trending topics , o streaming da Amazon desejou boas-vindas aos novos assinantes.

Os preços dos planos da Netflix aumentaram no Brasil já a partir de quinta-feira (22). Os reajustes chegam dois anos depois da última vez em que o serviço subiu os preços no País, em março de 2019. Agora, as assinaturas vão custar a partir de R$ 25,90, para o plano básico, até R$ 55,90, na versão premium. Em nota, a empresa argumentou que o aumento no valor acontece "para oferecer uma melhor experiência para os usuários".

Netflix, a alta de preços e as críticas quanto ao compartilhamento de senhas

Enquanto outras plataformas apoiam o compartilhamento de senhas , a Netflix sempre se mostrou contra a prátiaa. Em março deste ano, o streaming começou a testar um novo recurso de segurança para dificultar que estranhos acessem uma conta sem permissão. Posteriormente, a função também irá impedir o compartilhamento de senha de um único perfil com mais pessoas.

"Se você não mora com o dono dessa conta, você precisa da sua própria conta para continuar assistindo", diz a mensagem recebida por alguns usuários. Conforme a Netflix afirma, o teste foi aplicado para garantir que as pessoas usando as contas estejam "realmente autorizadas" a fazer isso. Ainda não foi confirmado se o recurso será adicionado oficialmente à plataforma.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários