Dados pode ser roubados em ataques
Unsplash/Markus Spiske
Dados pode ser roubados em ataques

O número de ciberataques contra os gamers cresceu mais de 340% desde o começo da pandemia de Covid-19. Isso é o que aponta um relatório divulgado recentemente pela empresa de segurança digital, a Akamai.

A indústria dos videogames como um todo sofreu mais de 240 milhões de ciberataques de aplicações web no ano de 2020. Uma das principais fontes desse tipo de malware está nos jogos para dispositivos móveis que permitem que os usuários comprem skins, melhorias de personagem e níveis adicionais nos games.

Você viu?

Entre os tipos de ataques detectados, 59% foram da categoria SQL Injection, que tenta se aproveitar de falhas de configuração ou vulnerabilidades em bancos de dados para aplicar comandos que possam levar à obtenção de dados. Em segundo lugar está a inserção de arquivos maliciosos nos servidores, seguido das tentativas de cross-site scripting. Esses ataques permitem a execução de códigos a partir de sites e soluções legítimas, de forma a enganar quem acessa.

Os hackers roubam informações dos usuários, como endereços de email, senhas, detalhes de login e até informações sobre geolocalização. Isso tudo pode acabar sendo vendido para outros criminosos em mercados paralelos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários