Velocímetro criado pela Proteste permite que o consumidor acompanhe a qualidade do serviço de internet oferecido pela operadora contratada

Brasil Econômico

A qualidade da internet fixa é encarada por muitos consumidores como inadequada por conta dos preços cobrados pelas empresas. Pensando nos problemas apresentados pelas empresas, a Proteste Associação de Consumidores criou, em seu site, um velocímetro que permite realizar uma medição. O objetivo da ferramenta é ajudar as pessoas a saberem quanto da velocidade contratada elas realmente estão recebendo e qual o prejuízo real.

Leia também: Compras digitais de games crescem 68% no segundo trimestre, diz pesquisa

Para usar o velocímetro da internet fixa , basta acessar o site da Proteste em um computador conectado diretamente no cabo, já que conexões via Wi-Fi costumam apresentar números um pouco menores. As informações ficam gravadas com a associação. Após realizar a medição, a ferramenta informa a velocidade realmente recebida e o prejuízo causado pela empresa em reais. Para obter um resultado ainda mais confiável, a entidade recomenda que os consumidores repitam os testes todos os dias durante um mês.

Velocímetro da Proteste permite realizar acompanhamento da qualidade da internet fixa durante vários dias
Edilson Rodrigues/Agência Senado
Velocímetro da Proteste permite realizar acompanhamento da qualidade da internet fixa durante vários dias

Leia também: "Quase todos os carros serão autônomos em dez anos", projeta Elon Musk

"Com o apoio do registro mensal, o consumidor poderá avaliar se houve divergência entre a velocidade contratada e a que foi realmente recebida", diz a Proteste em comunicado. De acordo com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), a velocidade mensal não pode ficar abaixo de 80% do previsto pelo plano contratado. Com mais dados enviados pelos consumidores, a associação pretende reivindicar, junto às empresas e ao governo, um serviço com mais qualidade.

A ferramenta ainda oferece um número de telefone para consumidores que precisem de orientação caso não estiverem recebendo a velocidade contratada junto à empresa. Além do site do velocímetro , o consumidor pode entrar em contato com a Proteste por meio do número 0800 282 2208. No site, também é possível agendar um horário para a associação ligar para o seu telefone.

Consumidores insatisfeitos com a internet fixa

A Anatel analisa mensalmente 14 indicadores de qualidade do serviço de internet no Brasil. O acompanhamentos das informações mostra que o serviço tem baixa qualdiade e que falta interesse, incentivos e punições adequadas para a melhoria. Um dos resultados que mostra uma estagnação é o percentual de metas atingidas. O índice esteve quase sempre abaixo dos 70% e, quando ultrapassou a marca, durou pouco tempo.

Leia também: Netflix tem mais audiência que YouTube, Hulu e Amazon Prime Video juntos

Nos três primeiros meses do ano, somente 65,6% das metas de qualidade foram cumpridas pelas empresas. O resultado ficou 2,3% abaixo do registrado em 2014. Segundo resultados de uma pesquisa de satisfação realizada pela Proteste com 3.464 consumidores, 40% deles disseram receber menos velocidade de internet fixa do que a contratada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.