Celular ganhou borda mais evidente na parte superior para poder abrigar câmera, sensores e alto-falante de chamadas; modelo sai por US$ 999

Brasil Econômico

iPhone X chegará às lojas a partir do dia 22 de setembro; Brasil levará mais algumas semanas para receber o celular
Divulgação
iPhone X chegará às lojas a partir do dia 22 de setembro; Brasil levará mais algumas semanas para receber o celular

Em um dos eventos tecnológicos mais esperados do ano, a Apple anunciou nesta terça-feira (12) as duas novas gerações de seus celulares, com destaque para o iPhone X, além de apresentar a nova versão do Apple Watch, seu relógio inteligente, e da Apple TV, que recebeu suporte para vídeos em 4K. Com preços entre US$ 699 e US$ 999, os smartphones chegarão às lojas a partir do dia 22 de setembro, segundo o CEO da empresa, Tim Cook. 

Leia também: Facebook recebe multa milionária após desrespeitar privacidade dos usuários

Entre as principais novidades no visual do iPhone X , estão a tela de 5,8 polegadas que aproveita boa parte da área frontal do aparelho e uma área mais evidente na parte superior para posicionar a câmera frontal, os sensores e o alto-falante para chamadas. O aparelho também perdeu o botão Home, usado para desbloquear a tela. Agora, o sistema pode ser desbloqueado por meio do Face ID, tecnologia de reconhecimento facial, e de um sensor na parte inferior da tela, que substituiu o botão.

iPhone X tem tela de 5,8 polegadas e uma área na parte superior para posicionar câmera, sensores e alto-falante
Divulgação
iPhone X tem tela de 5,8 polegadas e uma área na parte superior para posicionar câmera, sensores e alto-falante

Leia também: Twitter testa recurso para ajudar usuários que publicam sequências de mensagens

Localizada ao lado dos sensores e do alto-falante, a câmera frontal é a que mais chama a atenção. Ela possui 7 megapixels e conta com uma tecnologia batizada de TrueDepth, que possibilita o desbloqueio do sistema com o Face ID e oferece selfies muitos melhores. O software de câmera possui, ainda, o modo "Portrait" ("retrato", em português), que usa o sensor de profundidade para produzir fotos com alguns efeitos.

A câmera traseira do iPhone possui dois sensores de 12 megapixels com aberturas de f/1.8 e f/2.4 para oferecer melhores resultados em fotos e vídeos. Além disso, há melhorias no processamento dos pixels, foco mais veloz em ambientes com baixa luminosidade e avanços em fotos HDR. O smartphone é resistente à água e à poeira e conta com visor OLED. Outro destaque são os "Animojis", uma espécie de emojis que representam gestos humanos.

Sensores da câmera dupla do iPhone X serão distribuídos na vertical e, não mais na horizontal como ocorre com o iPhone 7
Divulgação
Sensores da câmera dupla do iPhone X serão distribuídos na vertical e, não mais na horizontal como ocorre com o iPhone 7

Leia também: Saiba como visualizar o Status de um contato do WhatsApp pelo computador

Disponível nas cores prata e cinza espacial, o smartphone será vendido em versões com 64 GB e 256 GB com o maior preço da história para um lançamento: a partir de US$ 999 (cerca de R$ 3,1 mil na conversão direta e sem impostos). O aparelho vai estar disponível para pré-venda em 27 de outubro em 55 países, mas o Brasil deverá demorar um pouco mais para recebê-lo.

iPhone 8 e iPhone 8 Plus

A oitava geração do iPhone ganhou melhorias no acabamento e agora é fabricado em vidro e alumínio nas áreas frontal e traseira. O iPhone 8 e o iPhone 8 Plus contam com tela de retina, processador A11 Bionic e uma atenção especial para proporcionar experiências em realidade aumentada. Graças ao ARKit, pacote de desenvolvimento da Apple, desenvolvedores poderão criar aplicativos com melhor interação entre o real e o virtual.

iPhone 8 e iPhone 8 Plus tem telas de 4,7 polegadas e 5,5 polegadas; celulares saem por a partir de US$ 699
Divulgação
iPhone 8 e iPhone 8 Plus tem telas de 4,7 polegadas e 5,5 polegadas; celulares saem por a partir de US$ 699

Leia também: O mistério da influenciadora digital Lil Miquela no Instagram

As câmeras dos ceulares também ganharão algumas melhorias. A câmera traseira tem 12 megapixels, sendo dupla no iPhone 8 Plus. Com novo processamento de imagens, o celular tem uma captura de cores mais fiel à realidade, além de permitir focar em certos objetos mais rapidamente e obter melhores resultados em fotos com o HDR ativado. No iPhone 8 Plus, a câmera dupla também possui o modo "Portrait", presente no iPhone X. 

Disponíveis nas cores prata, cinza especial e ouro, o iPhone 8 e o iPhone 8 Plus terão versões com 64 GB e 256 GB de armazenamento e serão vendidos por a partir de US$ 699 (ou R$ 2,1 mil na cotação atual). Segundo a Apple, os produtos deverão estar disponíveis para venda a partir de 15 de setembro, mas levarão algum tempo para chegarem aos usuários no Brasil.

Apple TV

Para oferecer imagens com mais detalhes e cores mais vivas, a Apple TV ganhou suporte para 4K e HDR. O aparelho permite assistir a filmes disponíveis no iTunes, além de se conectar a serviços de streaming como Netflix e Amazon Prime Video. De acordo com a Apple, os usuários receberão uma atualização automática para 4K e HDR dos filmes que compraram pelo iTunes, se o título oferecer essa opção.

Apple TV ganhou suporte para 4K e HDR em vídeos em serviços como iTunes, Netflix e Amazon Prime Video
Divulgação
Apple TV ganhou suporte para 4K e HDR em vídeos em serviços como iTunes, Netflix e Amazon Prime Video

O aplicativo da Apple TV permite que você assista o que quiser de uma forma ainda mais fácil. Com a ajuda da Siri, a assistente virtual da Apple, você pode buscar séries e filmes usando somente comandos de voz. O aparelho ainda permite visualizar na TV aos fotos e vídeos armazenados no iCloud, serviço de armazenamento na nuvem da empresa, além de instalar aplicativos desenvolvidos especialmente para a televisão.

Com preço estimado em US$ 179, Apple TV 4K ainda não tem previsão de chegada no Brasil
Divulgação
Com preço estimado em US$ 179, Apple TV 4K ainda não tem previsão de chegada no Brasil

O preço do Apple TV 4K começa em US$ 179 (cerca de R$ 558) na versão com 32 GB. A alternativa com 64 GB sai por US$ 199 (ou R$ 620). O dispositivo será vendido a partir de 15 de setembro em unidades da Apple Store, no site da fabricante e algumas lojas do varejo. Ainda não há previsão de chegada no Brasil.

Apple Watch Series 3 ultrapassou o Rolex e se tornou o relógio mais vendido no mundo
Divulgação
Apple Watch Series 3 ultrapassou o Rolex e se tornou o relógio mais vendido no mundo

Apple Watch

Durante o anúncio, Tim Cook destacou o sucesso do Apple Watch, o relógio inteligente da empresa que registrou um crescimento considerável nos últimos meses e superou o Rolex em vendas, tornando-se o relógio mais popular do mundo. O Watch Series 3, novo modelo apresentado pela empresa, ganhou mais independência e agora conta com conectividade à rede celular.

Leia também: Como criar uma assinatura do Gmail no computador e no celular

Isso permite que o dispositivo permaneça conectado, faça ligações, receba textos mesmo sem ter um iPhone por perto. O relógio será lançado em duas versões: com e sem suporte a redes celulares. Ambos terão GPS, processadores mais velozes e serão vendidos por preços a partir de US$ 329 (ou R$ 1.026 na cotação atual). O modelo estará disponível para venda a partir de 15 de setembro. Assim como o iPhone X, ainda não há previsão de chegada no Brasil.

* Com informações da Ansa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.