Tamanho do texto

Nada de data de nascimento nas senhas ou a famosa sequência: 1, 2, 3, 4, 5 e 6; os códigos de segurança devem ser complexos e ter no mínimo oito dígitos

Brasil Econômico

No final do mês passado a Microsoft anunciou que vai manter um investimento de mais de US$ 1 bilhão em cibersegurança. Entre os itens adquiridos pela gigante para garantir a segurança, estão três empresas em Israel especializadas na área. A medida – aparentemente exagerada - de deve ao crescimento de usuários que vêm utilizando a nuvem, o que demandou maior investimento.

LEIA MAIS: Facebook é processado por uso de foto de refugiado sírio em notícias falsas

Fique atento às dicas de cibersegurança
shutterstock
Fique atento às dicas de cibersegurança

Mas o que nós (meros mortais) podemos fazer para nos proteger de ataques virtuais e garantir minimamente uma cibersegurança ?

Nesta terça-feira (7) é o Dia Internacional da Internet Segura e para celebrar esta data, o líder técnico da Arcon Labs, Wander Menezes, listou oito recomendações que todos nós podemos seguir para contribuir para a mudança desse cenário de vulnerabilidade cibernética.

Anexos nos e-mails

De acordo com o especialista, essa é a principal porta de entrada para os cibercriminosos. Para Menezes, os objetivos são dos mais variados possíveis e têm início a partir do momento em que uma instalação de software é realizada, sem nem mesmo a vítima perceber.

Senhas fortes

Nada de data de nascimento ou uma sequência numérica nas senhas, certo? O recomendável é usar alternância de letras maiúsculas com minúsculas, números e caracteres especiais. Entretanto, é ainda melhor que cada cadastro tenha uma senha específica, uma vez que se um código for descoberto, todos os outros sites que você possui conta serão comprometidos. O especialista também recomenda que cada senha tenha no mínimo oito dígitos.

LEIA MAIS: Aplicativo ajuda consumidor economizar nas compras em farmácias e drogarias

Limpe o cache do navegador

É importante que, pelo menos a cada duas semanas, seja efetuada uma limpeza no histórico e no cache do seu navegador. A medida, segundo Menezes, garante que nenhum pedaço de software malicioso fique ligado ao programa.

Backup

Outra medida que facilmente pode ser realizada é o backup periódico. Dê preferência para dispositivos externos, como pen drive e HD externo.

E-mail do trabalho

É muito importante zelar pelo e-mail profissional. Segundo o especialista, é o e-mail pessoal que você deve utilizar para efetuar cadastros em sites de interesse pessoal. Ou seja, separe assuntos pessoais dos profissionais.

Conteúdo pessoal

Wander Menezes alerta que é essencial ter cuidado ao abrir conteúdos pessoais, ainda mais no trabalho. Pois se você recebe muitos conteúdos publicitários - de diversas fontes - e com potencial para ataques de phishing – fraude eletrônica, um único computador pode infectar todos os dispositivos de uma rede corporativa.

Regras

Sabe quando a sua empresa bloqueia o acesso a um site? Bom, não é à toa. De acordo com Menezes esses diversos níveis de acesso à rede e filtros a sites externos foram aplicados justamente para garantir a segurança da informação da empresa, portanto é importante não burlar as regras.

Políticas de segurança

Para garantir ainda mais a cibersegurança, é importante que o usuário leia o manual de práticas de segurança da empresa onde trabalha, e mais importante: colocar as medidas em prática durante a realização das tarefas.

LEIA MAIS: Confira os lançamentos de smartphones mais aguardados pelos usuários em 2017

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.