Tamanho do texto

Muito similar ao recurso do Snapchat, os geostickers do Instagram vão mostrar dados de locais turísticos da cidade de São Paulo; veja a novidade

Instagram libera recurso de geostickers para cidade de São Paulo
Divulgação
Instagram libera recurso de geostickers para cidade de São Paulo


O Instagram lançou um novo recurso em sua plataforma e a novidade promete deixar o app bem mais interativo e colorido. A partir de agora os usuários podem se divertir e usar stickers, similares aos do Snapchat, em suas fotos.  O recurso ainda está limitado à cidade de São Paulo e seus pontos turísticos, mas em breve – pelo menos é que todos os usuários esperam – a rede social de foto deve expandir a outras maravilhas do Brasil.

Leia também: Instagram permite que usuário salve vídeos feitos na plataforma

O recurso foi anunciado primeiramente em outros países no começo desse mês, sendo mais exato no dia 7. Em primeiro momento, o Instagram disponibilizou os geostickers em Stories nas cidades de Nova York, nos Estados Unidos, e Jacarta, na Indonésia. Agora foi a vez do Brasil de receber a atualização. Só para lembrar o recurso pode ser usado em fotos, não só nos Stories, hein.

Para usar o recurso, que passou a ser disponibilizado aos usuários de sistemas operacionais Android e iOs na última quarta-feira (22), o usuário, após fazer o clique ou o vídeo, deve clicar no acervo de etiquetas, recurso esse localizado no topo direito da tela. Lá, o usuário poderá escolher o geosticker que mais lhe agradar.

Assim como tudo no app, os stickers são interativos. Logo será possível aumentar e diminuir o tamanho da figura escolhida para enfeitar a foto ou o vídeo. Outro recurso é que os seguidores, ao clicarem no sticker, serão informados de curiosidades sobre o local. Além de saber a localização exata da foto, será possível ver fotos publicadas por outros usuários da rede social.

Leia também: Sorria! Sete contas do Instagram para você seguir e se sentir inspirado

Outras novidades

Na segunda-feira (20) o app de fotos informou que a partir de agora, os vídeos ao vivo, ou Lives, poderão ser salvos no celular para que o usuário possa assisti-los posteriormente.

O novo recurso anunciado pelo Instagram complementará o recurso de transmissões ao vivo implementado recentemente pela plataforma, o Stories. Um ponto deve ser ressaltado, o vídeo pode ser salvo, mas não pode ser retransmitido. Ele ficará armazenado no celular e poderá ser acessado por quem o fez quando quiser, porém continuam desaparecendo após a transmissão, como é atualmente.

Leia também: Especialista dá dicas de marketing digital para empresas fugirem da recessão

    Leia tudo sobre: Instagram
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.