Tamanho do texto

Medida será para tornar a plataforma mais segura e evitar que usuários sejam impactados por imagens que não concordam ou os chocam

A velha briga sobre censura em redes sociais parece que não terá fim. Volta e meia vemos plataformas como o Instagram e o Facebook estão envolvidos em polêmicas sobre a exclusão de conteúdos, em especial imagens, que são consideradas abusivas.

Leia também: Investigação aponta golpe de apps que roubam dados de usuários do Instagram

Instagram vai borrar imagens consideradas sensíveis e fora do padrão das políticas de uso
Divulgação
Instagram vai borrar imagens consideradas sensíveis e fora do padrão das políticas de uso


Recentemente um livro com fotos censuradas pelo Insta, o “Pics or it didn't happen: images banned from Instagram ” ("Se você não fotografou, não aconteceu: imagens banidas do Instagram", em tradução livre), foi publicado. E reascendeu a discussão sobre as políticas de uso impostas por determinadas redes sociais.

Para tentar minimizar ao máximo essas rupturas entre usuários da plataforma e sua política de uso, o Insta informou em seu blog que muito em breve fotos consideradas “sensíveis”, ou seja, que possam incomodar alguém serão borradas.

As imagens só vão perder a nitidez após o Insta receber denúncias em relação ao conteúdo postado, sendo que ele deve realmente ferir as termos de uso desenvolvidos e estipuladas pela plataforma. A análise das imagens e do conteúdo será feito por uma equipe interna da empresa, eles é quem vão decidir se a imagem será borrada ou não. Casos mais graves, a empresa se reserva ao direito de excluir o conteúdo.

Leia também: WhatsApp pretende disponibilizar pagamentos pela plataforma

Novas regras

Para não ter as fotos borradas ou conteúdo deletado, a dica é que o usuário leia todos os termos de uso e de conduta da plataforma, evitando assim transtornos.  Por exemplo, o Insta deixa claro em seu termo de uso que não é permitido publicar fotos ou conteúdos que incitem a violência, nudez (parcial ou total), de atos ilícitos, pornografia, entre outras regras de conduta.  

Quando o recurso estiver implementado na plataforma e identificar o conteúdo “sensível”, a imagem ficará sem nitidez e o usuário receberá a seguinte mensagem: "Esta foto contém conteúdo sensível que pode ser ofensivo ou incomodar algumas pessoas".  Vai ficar a critério do internauta se ele quer ou não ver a imagem.

O anúncio sobre as melhorias na política de uso da plataforma foi feito no final de março, porém não foi informada a data em que o recurso será ativado no Insta.

Leia também: Instagram: conteúdo aspiracional ajuda vender pela plataforma, diz especialista

    Leia tudo sobre: Instagram
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.