Tamanho do texto

Estudo também revela que brasileiro se comporta mal em relação às senhas, 44% diz que usa o mesmo código para todos ou a maioria de seus apps

Brasil Econômico

Qual a relevância de um aplicativo para a sua vida? Estudos do Relatório de Inteligência de Aplicativos da A10 Networks – AIR (sigla em inglês para Applicattion Intelligence Report) revelou que 58% dos brasileiros consideram os apps tão importantes como água, comida e moradia. Isso mesmo, a marca obtida deixa o Brasil frente à média global que é de 49%.

Leia também: Novo golpe circulando no WhatsApp oferece falsa vaga de emprego no Carrefour

Aplicativo: estudo também revela que o brasileiro se comporta mal em relação às senhas, 44% diz que usa o mesmo código de acesso para diferentes plataformas
shutterstock
Aplicativo: estudo também revela que o brasileiro se comporta mal em relação às senhas, 44% diz que usa o mesmo código de acesso para diferentes plataformas

Os estudos ainda constataram que muitas pessoas ao redor do mundo acreditam que é impossível e até fisicamente desconfortável viver sem eles, comparando a importância do aplicativo às necessidades básicas como comer, beber, respirar e socializar.

Cerca de 2 mil pessoas relacionadas à negócios e TI de companhias de variados setores em 10 países responderam à pesquisa, que representam algumas das maiores economias e maior crescimento de adoção de tecnologias, o que inclui, o Brasil, China, França, Alemanha, Índia Japão, Singapura, Coreia do Sul, Reino Unido e Estados Unidos.

Leia também: Ele já foi a invenção do ano: confira 10 curiosidades do iPhone

Mais

Achou pouco? Os brasileiros também responderam que preferem perder as calças e as chaves do carro do que perder o seu smartphone. O resultado permitiu que ficássemos atrás apenas dos chineses e coreanos, em relação ao desespero de perder o mobile.

A dependência, entretanto, não é sinônimo de cuidado em relação a um ciberataque , uma vez que apenas 29% dos brasileiros apontaram que “tentam não pensar sobre isso”, enquanto que 50% dizem confiar nos fabricantes, empresas desenvolvedoras e equipes de TI para mantê-los seguros.

O estudo também revelou que o brasileiro se comporta mal em relação às senhas, 44% diz que usa o mesmo código de acesso para todos ou a maioria de seus apps. A média global registrou uma taxa de 40%.

“Entender a dependência de aplicativos em nossas vidas levanta questões sobre a preocupação que colocamos na segurança de nossas informações pessoais e a importância de considerarmos o uso de aplicativo em dispositivos e redes corporativas. A percepção do AIR sobre tendências comportamentais com apps e o impacto no risco pessoal e de negócios é um tópico que não é abordado o suficiente”, afirma VP de Marketing e Comunicações da A10 Networks, Neil Wu Becker.

Leia também: Nada de spam! Instagram tem regras mais rígidas contra comentários indesejados

    Leia tudo sobre: aplicativo inovação
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.