Tamanho do texto

Expectativa é que iPhone X, como o aparelho deverá se chamar, seja vendido por mais de US$ 1 mil; modelo poderá ter mudanças significativas no display

A Apple apresentará oficialmente nesta terça-feira (12) a nova geração do iPhone, que chega à sua 10ª edição. Apesar de todas as novidades esperadas para o smartphone, como a tela infinita e o fim do botão físico para desbloquear o sistema, o aparelho poderá entrar para a história como o mais caro da marca criada por Steve Jobs. O celular deverá ser vendido por mais de US$ 1 mil – R$ 3,1 mil na conversão direta sem impostos.

Leia também: Ele já foi a invenção do ano: confira 10 curiosidades do iPhone

O CEO da Apple, Tim Cook, é quem apresentará o iPhone X – dez em algarismos romanos, em comemoração aos dez anos da linha. O lançamento será realizado no Teatro Steve Jobs, na Califórnia, que também será inaugurado nesta terça. O modelo deverá ter muitas mudanças em seu visor com uma tela infinita, que ocupa praticamente toda a área frontal do aparelho, e OLED, que promete melhorar a definição de cores e formas mostradas em fotos e vídeos

iPhone X será apresentado por Tim Cook no Teatro Steve Jobs, localizado na nova sede da Apple
Ansa
iPhone X será apresentado por Tim Cook no Teatro Steve Jobs, localizado na nova sede da Apple

Leia também: Conheça o dispositivo que faz o iPhone virar um visor de realidade aumentada

Além disso, espera-se uma novidade na câmera dupla do aparelho, que deverá exibir seus sensores na vertical e, não mais na horizontal, como ocorre no iPhone 7. De acordo com o site "TechCrunch", a noção de profundidade da câmera deverá ficar ainda melhor, oferecendo resultados mais interessantes com o foco seletivo e permitindo novas experiências com apps que utilizem realidade aumentada.

O celular também deverá ganhar uma função de reconhecimento facial para desbloquear a tela rapidamente. A mudança confirmaria o indício de que o botão home está com os dias contados. Outros dois celulares da companhia devem ser apresentados hoje: o iPhone 8 e o iPhone 8 Plus. Ambos deverão ser lançados com preços um pouco abaixo do iPhone X, principal aposta da empresa. 

Novo iPhone deverá contar com borda mais saliente no topo; notificações serão exibidas nas extremidades
shutterstock
Novo iPhone deverá contar com borda mais saliente no topo; notificações serão exibidas nas extremidades

Leia também: iPhone, 10 anos: como protótipo esquecido em avião quase arruinou lançamento

Há ainda rumores que, no evento, Cook apresente os novos designs do relógio inteligente Apple Watch, dos fones de ouvido AirPods e até uma Apple TV, acompanhada por um novo serviço de streaming da companhia. O primeiro iPhone foi lançado há 10 anos, introduzido por Steve Jobs. O celular vendeu cerca de 1,2 bilhão de unidades em todo o mundo e fez a linha se tornar uma das mais aguardadas todos os anos pelos usuários.

* Com informações da Ansa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.