Tamanho do texto

Polêmica sobre a Apple reduzir de propósito a capacidade de seus dispositivos gerou diversas reclamações e processos de usuários; veja

Brasil Econômico

No último dia 28 de dezembro, a Apple  divulgou um pedido oficial de desculpas devido às medidas
Reprodução
No último dia 28 de dezembro, a Apple divulgou um pedido oficial de desculpas devido às medidas

A Justiça da França abriu uma  investigação contra Apple por “fraude” e “obsolescência programada”, em referência ao caso da redução de velocidade aplicada pela empresa em aparelhos antigos, incitando o usuário a adquirir outro produto após o defeito se manifestar.

Leia também: Será que dá certo? Instagram testa postagem de Stories diretamente no WhatsApp

O inquérito contra a Apple é resultado de uma denúncia feita pela associação “Halte a I’Obsolescence Programmée” (“Fim da Obsolescência Programada, em tradução livre) e tem como foco apenas os modelos de iPhone , informou a Procuradoria da República de Paris.

A polêmica sobre a empresa reduzir de propósito a capacidade dos seus dispositivos, por meio da exigência de constantes atualizações do sistema operacional dos aparelhos, gerou diversas acusações de usuários e até mesmo processos contra a multinacional. Embora a investigação tenha começado há aproximadamente uma semana, a Apple ainda não se manifestou sobre o ocorrido.

Leia também: Amazon cria espelho para você "experimentar" roupas que ainda não comprou

Pedido de desculpas

Após confirmar as suspeitas dos usuários e receber processos de alguns consumidores, a companhia  divulgou um pedido oficial de desculpas  devido às medidas adotadas no que diz respeito aos seus produtos no dia 28 de dezembro.

Por meio de nota, a multinacional alegou que houve muitos equívocos frente ao caso. “Em primeiro lugar, nós nunca faremos algo para encurtar intencionalmente a vida de qualquer produto da Apple ou degradar a experiência do usuário para impulsionar as atualizações dos clientes”, argumentou.

Leia também: Moto Z2 Force é celular poderoso, mas tem câmera que não surpreende

No mesmo documento, a empresa ainda explicou que as baterias recarregáveis de ião lítio se tornam menos efetivas à medida que envelhecem, uma vez que a capacidade de manter a carga, naturalmente, cai com o tempo. A Apple também destaca que há outras razões para isso acontecer, como o número de vezes que a bateria é carregada, deixar o aparelho carregando em um ambiente quente, além do próprio uso do dispositivo que podem fazer com que a bateria envelheça mais rapidamente.

 *Com informações da Agência ANSA

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.