Brasil Econômico

Brasil Econômico

undefined
Divulgação
Novo smartphone da Samsung deverá contar com visual semelhante ao Galaxy S8 (foto)

A Samsung anunciou nesta quarta-feira (10) que o Galaxy S9 , principal smartphone da marca, já tem data para ser lançado. O modelo deverá ser apresentado em 26 de fevereiro, durante o Mobile World Congress, evento de tecnologia com foco em dispositivos móveis realizado em Barcelona, na Espanha. A declaração foi dada por Dong-Jin Koh, CEO da divisão Samsung Mobile, durante a Consumer Electronics Show (CES) 2018.

Leia também: Ex-funcionário processa Google por ações que "excluem homens brancos"

A expectativa era que o aparelho fosse lançado justamente durante a CES, feira realizada em Las Vegas, nos Estados Unidos. No entanto, segundo o site Business Insider , os usuários só deverão ter acesso ao aparelho da Samsung em março, quando ele chegar às lojas. Em 2017, a Samsung optou por um evento próprio realizado em março para anunciar o Galaxy S8 . A decisão foi influenciada pela decisão da companhia de descontinuar o Galaxy Note 7

Leia também: França abre investigação contra Apple por redução de velocidade em aparelhos

Caso realmente escolha a MWC para apresentar seu novo smartphone, a empresa retorna ao seu ciclo de lançamentos tradicional. Vale lembrar que Galaxy S5, Galaxy S6 e Galaxy S7 foram anunciados em Barcelona. Em sua participação na CES, Dong-Jin Koh adiantou que é possível esperar atualizações na assistente virtual Bixby, principalmente, em sua interface.

O celular também deverá contar com um visual bem parecido com o Galaxy S8, com poucas mudanças no posicionamento da câmera e do leitor de impressão digital. O aparelho deverá ser o primeiro a receber o chip Exynos 9810, que deverá ser capaz de realizar reconhecimento facial semelhante ao disponível no iPhone X, lançado em setembro de 2017 pela Apple.

Mais tempo para o celular dobrável

No mesmo anúncio, o chefe da Samsung Mobile afirmou que o lançamento do smartphone com tela dobrável, que estava previsto para esse ano, foi adiado para 2019. Em setembro de 2017, Koh havia garantido que o aparelho seria lançado em 2018. Em dezembro último, inclusive, foram registradas novas patentes do modelo. Segundo o executivo, o principal problema do Galaxy X, como é conhecido no momento, está na experiência dos usuários com o modelo.

Leia também: Fim do bitcoin? Telegram pretende criar sua própria moeda virtual

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários