Tamanho do texto

Entre os danos causados pelo malware estavam anúncios pornográficos em jogos infantis e notificações de download de aplicativos falsos de segurança

Brasil Econômico

De acordo com o Google, os aplicativos foram baixados de 3 milhões a 7 milhões de vezes
shutterstock
De acordo com o Google, os aplicativos foram baixados de 3 milhões a 7 milhões de vezes

Mais de 60 aplicativos foram retirados da Play Store após a empresa israelense de segurança Check Point identificar um malware que colocava anúncios pornográficos dentro de jogos e aplicativos sem qualquer aviso prévio aos usuários. A princípio pode parecer que esse não seja um grande problema, mas a lista de apps afetados pelos anúncios conta com diversos jogos infantis.

Leia também: Versão retrô do Game Boy deverá ser lançada sem fabricação da Nintendo

Em defesa, um porta-voz do Google disse ao portal de notícias Engadget que os anúncios eram para o público em geral e que os aplicativos infantis que foram afetados pelo malware “AdultSwine” não estavam cadastrados da na “seleção familiar”, que ajuda responsáveis por crianças a identificarem o que é adequado ou não para elas.

Ainda de acordo com o Engadget , além de oferecer anúncios de conteúdo pornográfico, o malware exibia notificações falsas, pedindo para que o usuário pagasse pelo acesso de serviços premium, e oferecia downloads de aplicativos de segurança falsos, o que posteriormente podia resultar em um novo ataque no mesmo dispositivo.

Leia também: Samsung registra nova patente e aumenta rumores sobre celular dobrável

Medidas

Após a descoberta da empresa de segurança, o Google agiu rápido e desativou todas as contas dos desenvolvedores e deve emitir avisos para os usuários que instalaram os 63 aplicativos. De acordo com a apuração da Play Store, os aplicativos foram baixados de 3 milhões a 7 milhões de vezes em todo o mundo.  

Entre os títulos que foram afetados pelo malware estão, Five Nights Survival Craft, Mcqueen Car Eacing Game, Addon Pexelmon for MCPE e Draw Kawaii.

Leia também: App permite que usuários conversem com desconhecidos sobre qualquer tema

O Google tem sistemas instalados para impedir que aplicativos com programas obscuros, como estes, cheguem a Play Store e aos telefones das pessoas, mas esta não é a primeira vez que esses sistemas não funcionam. Com o ocorrido, a Check Point espera que os usuários fiquem mais atentos na hora de apertar o “instalar”, especialmente aqueles com foco em entreter crianças.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.